Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Algumas universidades apresentam esse curso, gostaria de saber o título que o profissional dessa área recebe, se ele de fato é um agronomo?

Obrigado

Exibições: 1865

Responder esta

Respostas a este tópico

Ola Luis.

Bom, eu sou estudante de Agronomia com Enfase em Agroecologia pela Universidade Federal da Fronteira Sul, estou no 4° semestre e nossa grade curricular  tem algumas diferenças da agronomia comum, mas se você pensar bem cada universidade monta seu PPC a sua maneira, e no entanto nem por isso deixa de ser agronomia. Temos matérias que demonstram como agem princípios ativos de agrotóxicos, mas não vemos aquela "receita de bolo" tipo "agora passe o subsolador a x cm de profundidade ou aplique Y L do produto para Z ha".

E a enfase do curso é na agroecologia, nos vemos o convencional, mas buscamos um olhar critico sobre o mesmo e buscando como fazer a mesma coisa de forma agroecológica.

Falow cara!

Eu sou estudante de agronomia cursando o 6 semestre pela universidade federal rural da amazônia. é nossa formação é de engenheiro agrônomo 

Oi colega Luiz

Os agrônomos que, desde a sua formação/graduação já tem noções de agroecologia, COM TODA A CERTEZA poderão desempenhar todas as atribuições do Eng. º Agrônomo. E digo mais, serão profissionais mais engajados e mais preparados para as suas atividades agrícolas, do que alguns profissionais formados sem estas materias em suas grades curriculares.

Os profissionais com formação básica em agroecologia, poderão trabalhar para desenvolver uma agricultura e/ou pecuária com uma visão voltada para se atingir a tão sonhada SUSTENTABILIDADE. Tão sonhada e ao mesmo tempo, tão necessária ao Planeta e a todos nós seres vivos.

Saudações agroecológicas.

joão carlos flôres

boa tarde, sim e reconhecido como engenheiro agronomo, formei na Unemat, Universidade do Estado de Mato Grosso, com enfase em agrocecologia. Em busca da sustentabilidade.

Amigos.

Se as disciplinas ministradas no curso de Agroecologia são semelhantes àquelas ministradas no curso de Engenharia Agronômica, não se justifica a criação e manutenção desse curso! Seria mais lógico mudarem o nome desses cursos para Agronomia ou Engenharia Agronômica, fazendo reajustes em suas cargas-horaria, para que o CREA tenha condições de dar atribuições aos  seus egressos. Já presenciei a Câmara de Agronomia negando atribuições para formados em Agroecologia, por serem matérias do curso de Agronomia, e por consequência, atribuições de Engenheiros Agrônomos.

Responder à discussão

RSS

© 2022   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço