Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Colegas, vejam abaixo, o descaso com os profissionais das ciencias agrárias.

Foi publicado o edital que abre as inscrições do Processo Seletivo da ADAB – BA, para contratação de pessoal, por tempo determinado.

Cargos e Remuneração

Ao todo, são ofertadas 78 vagas no edital 001/2014 da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB – BA), as quais são divididas entre os cargos que requerem profissionais de nível médio/técnico e nível superior completo na área do certame.

A carga horária de trabalho está fixada em 40 horas semanais, referente a remunerações de R$ 699,41 e R$ 1.070,71, mais retribuições. As oportunidades são divididas entre as cidades de Alagoinhas, Aramari, Barra, Barra do Choca, Canarana, Canudos, Casa Nova, Conceição do Almeida, Cotegipe, Curaca, Eunápolis, Feira de Santana, F. do Rio Preto, Firmino Alves, Guanambi, Ibicaraí, Ilhéus, Itaberaba, Itagibá, Itagimirim, Itanhém, Itapetinga, Itaju do Colônia, Jequié, Maragogi, Medeiros Neto, Miguel Calmon, Mundo Novo, Nova Viçosa, Paulo Afonso, Pojuca, Potiraguá, Retirolândia, Riachão das Neves, Ribeira Do Pombal, Rio Real, Rui Barbosa, Salvador, Serrinha, Santa Rita de Cassia, Teixeira de Freitas, Xique-Xique, Santa Maria da Vitoria e Oliveira dos Campinhos, como será possível verificar no quadro abaixo:

Exibições: 520

Responder esta

Respostas a este tópico

Ola Lademir,

O concurso é para nível superior ou para engenheiro agrônomo?

Se for para engenheiro agrônomo, eu daria um conselho:

1) fazer o concurso e depois

2) entrar com uma ação exigindo piso salarial da engenharia (9 S.M.)

Importante avisar aos colegas da AEABA

Abração

Lademir,

Eu lí o Edital e ví que ele é um pouco confuso, mas pelo que entendi a contratação não será para o cargo ou emprego público de engenheiro agrônomo e sim de Fiscal Sanitário Temporário. Lógico que isso é um pouco de aberração jurídica, mas é legal esse tipo de remuneração abaixo do salário mínimo profissional.

Veja que o Edital tem somente uma vaga para engenheiro agrônomo, com salário base de R$ 1.070,71 acrescido de gratificação de 58%. é uma excrescência, mas não é ilegal, pois o registro de trabalho não será como engenheiro e sim como fiscal.

Outro ponto que não fica claro é o prazo de contrato, mas por ser processo seletivo simplificado a legislação permite normalmente uma contratação pelo prazo máximo de 1099 dias, com obrigatoriedade de posterior afastamento.

Agora, quanto a questão salarial, realmente é muito baixo. comparando com o interior de São Paulo, onde um balconista de loja de material agropecuário em geral ganha no mínimo R$ 1.500,00 mais comissão (sem nenhuma formação técnica profissional). Mas é comum, muita gente entrar nestes cargos visando muito os adicionais, que não são apresentados no edital, mas que posteriormente podem ser requeridos. Além disso, não fica claro no edital se a contratação é por regime jurídico especial ou por CLT. Mas não se esqueça, que a remuneração final deverá ser acrescida normalmente de adicionais como: Periculosidade, Insalubridade, Penosidade, Diárias, entre outros penduricalhos...

Agora é acompanhar e ver qual o grau de atração que um concurso desse tem entre os profissionais de nível superior!

Colegas

Muito boa e esclarecedora, a colocação de vocês.

Grato

Lademir

BOM DIA, JÁ OBSERVEI QUE MUITOS EDITAIS PARA ENGENHEIRO AGRÔNOMO, TEM REMUNERAÇÃO ABAIXO DO VALOR PISO SALARIAL, APOS APROVAÇÃO NO CONCURSO PUBLICO POSSO EXIGIR UMA AÇÃO SEM DANOS PARA  MIM? O QUE FAZER?

ATT

Algumas vezes isso é possível. Os engenheiros agrônomos da Secretaria da Agricultura do Estado de São Paulo, entraram com uma ação coletiva há muitos anos e conseguiram o pagamento do piso. Mas isso valeu somente para aqueles que na época estavam como efetivos da Secretaria. Atualmente, o poder público e mesmo a iniciativa privada consegue contornar a lei do piso não registrando os profissionais como Engenheiros e sim como assistentes, especialistas e outras denominações.

Agora se a vaga é especificada em edital como cargo de Engenheiro Agrônomo e o registro do emprego público é este... é possível pleitear a remuneração. Somente eu recomendo fazer isso após o estágio probatório, pois após este período, se o cargo não for baseado na CLT você terá estabilidade funcional.

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço