Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Deixe-me reproduzir uma conversa que tive com um produtor de café essa semana na minha região;não é piada,as coisas que ele me disse foram ditas por um eng.agrônomo numa palestra.

"Oh menina deixa eu te falar uma coisa,o que faz ficar caro ser produtor de café é o tal do super simples,o próprio nome já fala,é o mais simples que tem,é só fazer igual um agrônomo me falou,"taca" calcário em vez de adubo,é muito mais barato,e dá o mesmo resultado...hoje em dia só tô fazendo isso,não adubo mais não,só jogo calcário mesmo!Foi a palestra mais bo que eu fui."

Pois é caros colegas...O que dizer né??????

Exibições: 551

Responder esta

Respostas a este tópico

Esse é agronomo????????????????????????? veja bem???????????????????????????
Pois é,será que ele é agrônomo?Fico até triste...
Saudações, não podemos julga-lo errado, tirando deste sua razão,temos sim que criar artimanhas locais atreladas a técnicas novas para buscar soluções rentáveis para esta massa enorme de agricultores sem capital para investimentos, e mostrar sim, a existencia de caminhos alternativos com produtividade e competencia.
E vc perguntou a ele se esta dando algum resultado???
Perguntei,ele me disse que a terra dele está cansada,não está produzindo muito mais...
Está pensando em arrancar a lavoura e plantar pastagem!
Fico com pena Laura,ao mesmo tempo de houvesse confiança eu daria assistência ao menos até resolver o problema.
Sabemos que há muitos agricultores descapitalizados e sem possibilidades de investimentos.
Conhece ou já ouviu falar da Fundação Mokiti Okada? Suas pesquisas são fantasticas e reduzem enormemente o custo de produção.
Há uma ligação com a religião Messianica, mas a parte tecnica é muito interessante.
Vários projetos foram desenvolvidos com a Holambra e outros produtores de São Paulo, que vinham perdendo % muito alto de suas lavouras por excesso de pragas e doenças.
Basicamente se faz a adubação verde e uso de materia organica em decomposição, não usando excrementos animais.
Adicionam o Bocashi , o EM (Embiotic) que são microorganismos eficazes ´para melhorar a flora do solo.
Há então mudança total na produtividade.
Agricultores carentes usando cobertura morta, manejando o solo adequadamente reduzem em mais de 70% os gastos na cultura eliminando adubos quimicos e defensivos.
As colheitas serão sadias e se terá uma regeneração total do solo .
Procure www.fmo.org.br

abço, Ingo Haberle
Eng. Agronomo UFRRJ
Que choque ainda tem muita gente que ganha dinheiro com a ignorância do nosso povo, no mínimo o palestrante era vendedor ou representante de uma empresa de calcário....

Olha,

 

Essa frase se encaixa bem neste contexto: Como são admiráveis as pessoas que nós não conhecemos bem. (Millôr Fernandes).

 

Na verdade é duro dizer logo de cara que um colega nosso foi lá e disse tal coisa... pode até ser, mas pode não ser também... Afinal o produtor falou exatamente aquilo que o colega falou, ou falou o que ele entendeu? São coisas totalmente distintas.

 

Suponho que o colega pode ter dito que: Não adianta jogar nenhum adubo, se não tacar bastante calcário na terra. E o que o produtor pode ter entendido: Não joga adubo na terra, taca bastante calcário na terra"

 

Tudo depende do contexto.

Esta certíssimo Ingo.

Só lembrando que não saiam recomendando somente o EM, nem somente o bokashi. Acredito que deve se tomar um certo cuidado quando o assunto é nutrição de plantas e fertilidade do solo.

Os microorganismos vão ajudar a desalinizar o solo, liberar o fósforo para o meio, entre tantos outros elementos. Mas eles não farão com que os minerais extraídos voltem para o solo. Então se tratando de agricultura intensiva, ainda mais se for HF, que tem ciclos rápidos, solos ficam poucos cobertos (se não tiver mulching) e sofrem intempéries recorrentes, fiquem atentos a lixiviação, ainda que os microorganismos irão ajudar a manter a matéria orgânica e a CTC.

Ingo André Haberle disse:

Sabemos que há muitos agricultores descapitalizados e sem possibilidades de investimentos.
Conhece ou já ouviu falar da Fundação Mokiti Okada? Suas pesquisas são fantasticas e reduzem enormemente o custo de produção.
Há uma ligação com a religião Messianica, mas a parte tecnica é muito interessante.
Vários projetos foram desenvolvidos com a Holambra e outros produtores de São Paulo, que vinham perdendo % muito alto de suas lavouras por excesso de pragas e doenças.
Basicamente se faz a adubação verde e uso de materia organica em decomposição, não usando excrementos animais.
Adicionam o Bocashi , o EM (Embiotic) que são microorganismos eficazes ´para melhorar a flora do solo.
Há então mudança total na produtividade.
Agricultores carentes usando cobertura morta, manejando o solo adequadamente reduzem em mais de 70% os gastos na cultura eliminando adubos quimicos e defensivos.
As colheitas serão sadias e se terá uma regeneração total do solo .
Procure www.fmo.org.br

abço, Ingo Haberle
Eng. Agronomo UFRRJ

Sugestão:

Pegue a pior área que ele tenha, faça uma análise de macro e micro, ajeite na dose certa de calcário e adubação, recomende o espaçamento e variedade.

Resultado: Em algum tempo você ganhará um novo e fiel cliente, mas também um amigo, além do prestígio.

Neydinha disse:

Perguntei,ele me disse que a terra dele está cansada,não está produzindo muito mais...
Está pensando em arrancar a lavoura e plantar pastagem!
Fico com pena Laura,ao mesmo tempo de houvesse confiança eu daria assistência ao menos até resolver o problema.
Sou a favor de falar nem técnico, nem tão simples, mas da maneira que ele possa entender, fazendo analogias para que ele possa entender a lógica. Nessas horas temos que ser tradutores, se fossemos doutores estaríamos sentados nas universidades dando aula. =)

Bruno O. Colen disse:
Bom, um dos desafios da extensão é falar uma linguagem técnica e ao mesmo tempo de uma maneira que o produtor rural entenda. E vale lembrar que cada profissional tem uma grande responsabilidade! Falar qualquer coisa na hora achando que tem dominio do assunto é muito fácil. Mas depois quando surgirem os problemas, aí o bicho pega!

Responder à discussão

RSS

© 2020   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço