Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Estou trabalhando com Colletotrichum spp. e suas ações patogênicas causadoras da antracnose em hospedeiros tropicais, como manga, guaraná, morango, mamão e maçã. Se alguém estiver interessado em enviar amostras de folhas e frutos para análise, aceito doações que ingressarão no artigo científico resultante desse estudo. 

 

Meu contato é o email: larysseguimaraes@hotmail.com

 

Aguardo resposta.

Larysse G.

Exibições: 447

Responder esta

Respostas a este tópico

os unicos frutos que servem para o estudos são os que estao sitados assim?

Att!

Olá Larysse.

Este ano estamos tendo grande ataque de antracnose na cultura do café.

Desenvolve ai um trabalho sobre isso!!!
Boa Sorte!!!!!

não precisa necessariamente ser os citados acima, Eldes. Pode ser qualquer um que voce consiga coletar uma amostra limpa de antracnose e me enviar, prometo divulgar o trabalho aqui no grupo quando ficar pronto.

Grata. Larysse

Eldes Reinan Mendes de Oliveira disse:

os unicos frutos que servem para o estudos são os que estao sitados assim?

Att!

Natan, se voce puder me enviar um bom volume de amostras eu posso incluir esse isolamento no meu trabalho. Seria interessantíssimo, até porque é uma cultura importante do nosso país, de grande finalidade econômica.

Aguardo retorno. Larysse.

Natan Carvalho de Brito disse:

Olá Larysse.

Este ano estamos tendo grande ataque de antracnose na cultura do café.

Desenvolve ai um trabalho sobre isso!!!
Boa Sorte!!!!!

Paulo, aqui no laboratório de genética da UFAM em Manaus trabalhamos em parceria com a ESALQ - SP na pesquisa de Colletotrichum guaranicola em guaranazeiro já a uns 3 anos. Estou inaugurando, como PIBIC, um novo rumo pro laboratório, visando a comparação genética entre as diferentes variações de Colletotrichum e analisar um "grau de parentesco" entre eles. Agradeceria a você e a quem estiver interessado em ingressar nesse projeto que me enviem materiais diversos, de diferentes regiões do país, para que minha análise seja mais geral.

Agradeço o apoio e aguardo retorno. Larysse

Paulo Renato Morales vaz disse:

Valeu Larisse divulgar e utilizar este espaço para pedir colaboração aos colegas, pena não ser na Cultura do Soja seu trabalho.  Nos últimos anos tem sido motivo de destaque o crescente aumento de danos da Antracnose na cultura do Soja onde até recentemente era considerado como doença secundária. Colletotrichum é um gênero de fungo ascomiceto que engloba muitas espécies causadoras de doenças em um grande numero de plantas cultivadas e nativas, é sempre bom saber de colegas que atuam hoje na pesquisa e estudos desse fungo. Abraços e Boa Sorte!

Ordirlei, você pode acompanhar o processo todo, que dura por volta de 8 a 12 meses, para entender e receber análises de amostras dos pomares em que você trabalha. Abro essa porta para que todos acompanhem o processo de isolamento e análise dos fungos fitopatógenos causadores de antracnose. Se tiver interesse, aguardo retorno.

Larysse Guimarães

Odirlei Cipriano de Sousa disse:

Prezada Larysse, trabalho com a cajucultura desde do plantio até a fabricação de polpa/sucos, e a incidência da Colletotrichum spp. nos pomares de caju é constante. Peço-te que concluído seu trabalho e caso descubra algo capaz de combatê-lo, favor me informar. Abraço.

Olá Larysse bom dia. Atuei muito na área de fitossanidade, inclusive, destacando os 9 anos no Sítio Burle Marx- RJ. O mesmo detém e conserva um importante acervo de plantas ornamentais nativas e exóticas. Enfim, é uma área em expansão no Brasil e lá um dos "destaques" é a ocorrência de antracnose nas diversas família botânicas cultivadas, principalmente as araceae. Seria um grande trabalho a conclusão desse levantamento. Atualmente estou em Trancoso_Ba, más mantenho contato com SRBM, bem como um Prof. da Rural-RJ, que pode lhe auxiliar.

 

Att.,

 

Ângelo

Angelo, bom dia!

Fico muito feliz em saber dessa possibilidade, pois atualmente estou no Rio de Janeiro a procura de material para trabalhar, e você já é o segundo profissional que me chama a atenção para a area de plantas ornamentais. Acho interessantíssimo trabalhar com antracnose nesse tipo de plantas em que a estética é realmente importante e todas as ações devem ser voltadas a isso.

Se não for pedir demais, pode me por em contato com esse professor da Rural? Adoraria entrar nessa linha de pesquisa.

 

Agradeço e aguardo.

Att

 

Larysse G.

Ângelo Márcio Santos Silva disse:

Olá Larysse bom dia. Atuei muito na área de fitossanidade, inclusive, destacando os 9 anos no Sítio Burle Marx- RJ. O mesmo detém e conserva um importante acervo de plantas ornamentais nativas e exóticas. Enfim, é uma área em expansão no Brasil e lá um dos "destaques" é a ocorrência de antracnose nas diversas família botânicas cultivadas, principalmente as araceae. Seria um grande trabalho a conclusão desse levantamento. Atualmente estou em Trancoso_Ba, más mantenho contato com SRBM, bem como um Prof. da Rural-RJ, que pode lhe auxiliar.

 

Att.,

 

Ângelo

Responder à discussão

RSS

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço