Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Jose Luiz M Garcia
  • Masculino
  • Sao Paulo
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar no Facebook Compartilhar
  • Mensagens de blog
  • Tópicos (54)
  • Eventos
  • Grupos (7)
  • Fotos
  • Álbuns de Fotos
  • Vídeos

Amigos de Jose Luiz M Garcia

  • ELIAS BORBA
  • André Renato Rinaldi
  • André Signori
  • Maria Alcinda Jardim
  • GABRIEL CARAPEBA
  • Maylson Sousa Botelho
  • Dhiego César Oliveira Riva Neto
  • Andre Cesar
  • Eduardo B. Teixeira Mendes
  • Malu
  • Gustavo Santa ClaraRoque da Mata
  • Paulo Renato Morales Vaz
  • Gleibson Oliveira dos Santos
  • Francisco Lira
 

Página de Jose Luiz M Garcia

Últimas atividades

Adalberto Pereira Lima deixou um comentário para Jose Luiz M Garcia
"Prezado Professor, Caso seja possível, analise nossa ideia e nos sugira as possíveis alternativas de acordo com sua vasta experiência.  "A área na qual estamos trabalhando está localizada próxima ao…"
28 Dez, 2021
Marcos Henrique da Silva deixou um comentário para Jose Luiz M Garcia
"Olá , através de muita pesquisa e estudos , realizei uma recomendação pelo método equilibrio de Albrecht, e fiquei surpreso com as diferenças, na recomendção de calagem , por exemplo, enquanto…"
12 Set, 2020

Informações do Perfil

Escola que cursou Agronomia
Escola Nacional de Agronomia - ENA
Ano de formatura
1973
Atividade atual:
Consultor

Caixa de Recados (24 comentários)

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Às 8:52 em 28 dezembro 2021, Adalberto Pereira Lima disse...

Prezado Professor,

Caso seja possível, analise nossa ideia e nos sugira as possíveis alternativas de acordo com sua vasta experiência. 

"A área na qual estamos trabalhando está localizada próxima ao litoral leste do Ceará e tem como características: muito arenosa; teor de argila médio de 6%; e matéria orgânica em torno de 0,9%. Nossa ideia para melhorar essas condições é utilizar esterco de aves (cama de frango e/ou esterco de poedeira) com a expectativa de melhorar a atividade biológica de toda a área (atualmente muito  baixa). Pensamos também em produzir "bokashi" utilizando EM extraídos em nossa vegetação nativa. Já venho acompanhando pelas suas e da Dra. Elaine Ingham, pois considero que o caminho a seguir é devolver vida ao solo. Se for possível, nos ajude, pois tenho travado muitas discussões com colegas agrônomos, mas infelizmente todos eles só recomendam o uso de fertilizantes químicos e nós estamos perdendo essa batalha.

Adalberto P Lima

aplima51@hotmail.com

WhatsApp: 85 986692636

Um grande abraço e um FELIZ ANO NOVO!

Às 19:50 em 12 setembro 2020, Marcos Henrique da Silva disse...

Olá , através de muita pesquisa e estudos , realizei uma recomendação pelo método equilibrio de Albrecht, e fiquei surpreso com as diferenças, na recomendção de calagem , por exemplo, enquanto que pelo método de saturação de bases o resultado foi uma recomendação de 300 kg de calcario dolomítico/ ha, pelo método Albrecht foram 445 kg/ha de Calcário Dolomítico mais 500 kg/ha de Calcário calcítico, visto que o solo possui 472,9 kg/ha de Ca e o equilíbrio seria de 841,68 kg/ha. O que você me diz, será que está correto? Agora , irei apresentar este projeto a uma instituição bancária para fins de financiamento para aplicação em uma área de pastagem. Será que o método será aceito, de acordo com as normas do Crédito Rural?

Às 22:46 em 25 junho 2017, Jardel Ernesto Pansini disse...

Boa Noite, vi alguns tópicos sobre o método Albrecht, gostaria de saber se tem algum material, de como aplicar realmente este método, desde ja agradeço.

Às 10:07 em 1 fevereiro 2017, João Francisco Neto disse...

Como você também estou na defesa de um modelo alternativo para o cultivo do solo. Até escrevi um manual que foi editado pela Nobel e cuja reedição foi suspensa, pq suposta-mente hoje tá tudo na Internet. Entretanto que história é essa de que "permanecer no erro é goiano?". Poderia ser gay, muçulmano, lésbico, baiano...numa retórica que está preocupando o mundo tendo como porta-voz o Trump. Reflita sobre o que está escrevendo e permaneça na defesa de uma alternativa aos modelos insustentáveis sem entrar e retóricas de natureza preconceituosas. Por Favor.

João Neto. Agrônomo, nascido em Goiás, autor do Manual de Horticultura Ecológica.

 

Às 0:30 em 24 setembro 2016, Gustavo Maicon disse...

José, tudo bem?

O Agrobusca é uma plataforma online de venda de defensivos agrícolas. Através dela você pode disponibilizar um serviço completo para o produtor, desde a prescrição até a entrega dos agroquímicos.

Para você oferecer o menor preço, nós negociamos com a indústria e disponibilizamos tudo em seu celular e computador. Durante a negociação, garantimos todo o suporte necessário e depois que o pedido é realizado, depositamos sua comissão. Pra você não se preocupar, cuidamos da entrega.

Comece a negociar, cadastre-se em: www.agrobusca.com

Se tiver dúvidas, fale conosco em: contato@agrobusca.com

Às 0:13 em 9 setembro 2016, Fernando Eovídio da R Figueiredo disse...

Fala Garoto... olha só onde vim te achar de novo... havia perdido os seus contatos (perdi todos os dados do pc com virus e foi punk a coisa...) e não consegui mais te achar nos últimos tempos... espero que agora não perca mais. Espero que esteja tudo bem com Vc.

Às 14:52 em 2 setembro 2015, Gilberto Fugimoto disse...

Ola José Luiz,

Grato pela msg.

Vc tem muito a ensinar à galera na Rede Agronomia.

Não se furte a compartilhar o que sabe, a Rede é um esforço permanente de comunicação.

abração

Às 18:39 em 10 julho 2015, André Signori disse...

Ok, conversei com a empresa e preciso do valor do curso todo para propor ao Paulo D'Andrea e toda a diretoria, podes me enviar por Email: andre.signori@microgeo.com.br.

abraço

Às 17:39 em 10 julho 2015, André Signori disse...

Tranquilo José, gostaria de ver quanto a esse curso que falaste, quais os assuntos que abordas e qual o numero minimo de participantes alem do valor de investimento pois a possibilidades de juntarmos alguns proficionais para que seja viavel este curso.

Às 15:32 em 10 julho 2015, André Signori disse...

Boa tarde José,

Sou André Signori, academico do ultimo semestre de agronomia na Faculdade de Itapiranga - SC. Moro em São Pedro das Missões - RS, e li seu comentario sobre o uso do refratômetro para medição do BRIX e também que o Senhor faz na lavoura a medição do K+, Ca, Mg, pH e NO³ da seiva da planta. Gostaria de saber qual método usa e se podes me disponibilizar essa metodologia. Trabalho na Microbiol detentora da Tecnologia Microgeo(R) e essas analises me ajudaram muito a reforçar o uso de Microrganismos no solo para as culturas em geral.

Desde ja Agradeço pela atenção. obrigado

 
 
 

© 2022   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço