Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Começaram ontem à noite as aulas do curso online grátis Processamento Digital de Imagens com QGIS, ministrado pelo Professor e Geógrafo Jorge Santos, no portal Instituto Geo Sem Fronteiras.

Por já ter participado em Outubro de 2017 do Curso Licenciamento Ambiental com QGIS, no mesmo portal, eu o recomendo.

Aqui na Rede Agronomia se discute muito a questão da valorização profissional e, sendo a atualização do currículo uma das bandeiras desse movimento, sugiro que os colegas embarquem nessa plataforma (do Geoprocessamento). Motivo não falta: Cadastro Ambiental Rural, agricultura de precisão, aerofotogrametria com drones e agora, a possibilidade até de praticar a Fitopatologia através das imagens de satélites.

O Curso que se inicia, p.ex., tratará da técnica do NDVI, que é a sigla em inglês para Normalized Difference Vegetation Index que em uma tradução livre significa Índice de Vegetação da Diferença Normalizada. Explicando de forma prática, é um índice que analisa a condição da vegetação no campo através de sensoriamento remoto.

Não pense que perdeu o bonde porque as aulas começaram ontem. As inscrições ainda estão abertas no portal (https://www.geosemfronteiras.org/p/cursos) e as aulas são gravadas. Uma das vantagens dos cursos gratuitos desse site é que eles disponibilizam, também de graça, os softwares com que as aulas são dadas. No Curso iniciado dia 22 p.p. de AutoCAD 2D, p.ex., será possível utilizar gratuitamente o AutoCAD 2017 por 3 anos, numa licença para estudantes. O QGIS você deve saber que já é gratuito por ser de domínio público.  

Exibições: 1270

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 22 junho 2020 às 13:55

DENSIDADE HABITACIONAL NO QGIS

1 - Inicialmente, carregamos o site do IBGE com os códigos dos Municípios brasileiros. Tomamos como exemplo o Município de Japeri - RJ. (1)

2 - Carregamos o site do IBGE onde se encontram os shapefiles dos Setores Censitários. (1) Inserimos no espaço em branco da Figura abaixo o arquivo vetorial correspondente (33SEE250GC_SIR.shp) e o mapa do Estado após carregado no QGis. (2)

Na lista de anos apresentada, ao final, em Setor Censitário, clicamos no último disponível, que é 2010. Em seguida: setores_censitários_shp/ > rj/ > rj_setores_censitarios.zip, para a pasta desejada.

3 - Botão direito na camada > Abrir tabela de atributos > Alternar modo de edição > Selecionar feições usando uma expressão > "NM_MUNICIP" = 'JAPERI' > , como mostrado na Figura abaixo.

Para mostrar o resultado da operação, recortamos o trecho do mapa do Estado onde se destaca, em vermelho, o Municípios de Japeri.

4 - Bt. dir. camada > Exportar > Save Selected Features As...

 C:/QGIS/RioDeJaneiro/Setores_Censitarios/Japeri_SS.gif

Após realizada a operação, desmarcamos a camada 33SEE250GC, marcamos a de Japeri_SS e com botão direito selecionamos o comando Aproximar para camada. O resultado foi incluído numa montagem na Figura anterior, com o Município de Japeri e seus Setores Censitários.

5 - Menu Processar > Caixa de ferramentas > Buscar: reproj > Reprojetar camada (SIRGAS 2000/UTM zine 23S).

6 - Medição da área dos setores censitários. Renomear o nome da camada para Japeri_UTM. Botão direito > Abrir Tabela de atributos > Alternar modo de edição > Novo campo (metade superior da Figura abaixo): AREA_m² > OK.

Selecionar na janela ID o campo AREA_m² > Clicar no botão ao lado e, em Geometria, selecionar &area > Salvar alterações > Alternar modo de edição. O resultado é o da metade inferior da Figura abaixo.

Repetindo esta rotina para criar mais 2 campos,um para o cálculo da área dos setores em km², dividindo a área em metros quadrados por 1.000.000 m²; e um terceiro para a densidade demográfica, resulta a Figura abaixo.

O raciocínio foi o seguinte. O site do IBGE consultado previamente, havia informado que Japeri possuía 104.768 habitantes; a tabela de atributos contabilizou 149 setores censitários no Município; e cada Setor Censitário corresponde a 300 famílias cadastradas pelo IBGE. Logo, para sabermos quantos habitantes existem em cada setor censitário, basta dividirmos o número de habitantes pelo de setores censitários, o que resulta em 703 hab/setor. Isto nos leva ao índice aproximado de 703 ÷ 300 = 2,34 hab/família.

7 - Mapa final

Propriedades da camada > Simbologia > Graduado > Coluna HABporSET; Propriedades > Rótulos > Single labels > NM_BAIRRO; e Web > QuickMapServices > Bing > Bing satellite.

REF.

(1) https://www.ibge.gov.br/explica/codigos-dos-municipios.php

(2) https://mapas.ibge.gov.br/bases-e-referenciais/bases-cartograficas/...

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 19 junho 2020 às 12:09

TRAÇADO DE BACIAS NO QGIS COM DOIS CLIQUES

Fonte:

https://www.geoluislopes.com.br/2020/05/extrair-drenagens-nascentes...

Bom proveito.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 11 maio 2020 às 16:46

PLANILHAS DE CONVERSÃO DE COORDENADAS

https://www.instrutorgis.com.br/wp-content/uploads/2020/05/trinta_p...

Bom proveito.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 10 maio 2020 às 14:59

PLUGIN PARA MAPAS DO EXÉRCITO: DSGTools

Bom proveito.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 25 abril 2020 às 10:15
Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 25 abril 2020 às 10:12

IMAGENS DE SATÉLITE DE TODO O BRASIL

https://lojadosmapas.com.br/imagens-de-satelite/

Fonte: Facebook, 25/04/2020

Bom proveito.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 26 agosto 2019 às 17:18

TUTORIAL URBANISMO NOVA ZELÂNDIA NO QGIS

Link:

http://www.qgistutorials.com/tr/docs/digitizing_basics.html

Bom proveito.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 26 agosto 2019 às 9:08

HIDROLOGIA APLICADA NO QGIS 3.4

Fonte: http://pha.poli.usp.br/default.aspx?id=1&link_uc=disciplina

Bom proveito.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 15 agosto 2019 às 0:16

AVISO AOS NAVEGANTES

 "Análise de Imagens Orbitais no Google Earth Engine".

Boa viagem.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 2 agosto 2019 às 17:18

© 2020   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço