Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Todos nós sabemos que o trabalho rural deve seguir a NR-31 do MTE (*). No seu capítulo de Gestão (31.5), esta Norma Regulamentadora diz que as ações de preservação da saúde ocupacional dos trabalhadores, prevenção e controle dos agravos decorrentes do trabalho, devem ser planejadas e implementadas com base na identificação dos riscos e custeadas pelo empregador rural ou equiparado.

Entre os riscos da atividade rural estão aqueles relacionados na Tabela abaixo, com destaque para o uso de tratores agrícolas, aplicação de agrotóxicos e incêndios florestais. As cores são usadas nos Mapas de Riscos, através de círculos cujo diâmetro aumenta com o grau de risco.

Existem dezenas de métodos utilizados no estudo dos riscos de acidentes – inclusive, o que o Gilberto divulgou recentemente aqui na Rede. Entretanto, no ano de 1994, o D.O.U. de 2/1 publicou texto que torna obrigatório o uso do Método ÁRVORE DE CAUSAS para investigação de acidentes do trabalho pelos membros das CIPAs (Brasil, 1994). (***)

(*)http://portal.mte.gov.br/data/files/8A7C812D33EF459C0134561C307E1E9...

(**)http://zeroacidentes.com.br/wp-content/uploads/2014/09/caderno3_ana...

(***)http://cascavel.ufsm.br/tede/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=2055

Exibições: 1279

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de Eduardo B. Teixeira Mendes em 7 março 2015 às 3:05

Dr José Luiz

Realmente o material que vc cita aqui, além do disponível no site da Rural, são muito bons didáticos e interessantes e eles tem me ajudado bastante nas aulas de Saúde e Segurança no Trabalho Rural que que ministro em uma escola técnica agrícola.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 3 março 2015 às 15:32

Exemplo:

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 3 março 2015 às 15:24

MAPA DE RISCOS

Para esclarecer os círculos, suas cores e tamanhos (citados no final do segundo parágrafo do meu texto original).

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 1 março 2015 às 17:28

Olá Valdi.

De nada. Se gostou há outros 28 neste endereço:

http://www.ufrrj.br/institutos/it/de/acidentes/mma1.htm

Um abraço,

JL

Comentário de valdi oliveira aguiar neto em 1 março 2015 às 10:20

OLÁ JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO,

MUITO OBRIGADO POR COMPARTILHAR SEU MAPA MENTAL.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 1 março 2015 às 7:21

PRIMEIROS SOCORROS

Além de ser Engenheiro Agrônomo, concluí também o curso de Engenharia de Segurança do Trabalho e Higiene Industrial, promovido pela UFRJ (veja no menu Blogs o meu CURRÍCULO 3.0), embora nunca tenha exercido a profissão. Levando em conta que as duas primeiras palavras que pensamos no caso de ACIDENTES são PRIMEIROS SOCORROS, posto aqui o seu mapa mental, que fiz uns aninhos atrás, mas que ainda deve ser útil na hora do pega-pra-capar. 

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 27 fevereiro 2015 às 10:08

MAPA MENTAL DOS ACIDENTES DE TRABALHO

(Elaborado por mim e publicado na página da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro)

http://www.ufrrj.br/institutos/it/de/acidentes/mma2.htm

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 27 fevereiro 2015 às 9:35

Gilberto,

Eu é que agradeço o fato de você se desviar dos seus inúmeros afazeres para postar aqui sobre um método de análise de riscos de acidentes, enriquecendo o grupo criado por mim e que, infelizmente, ainda conta com muito pouco seguidores. Não sei se observou mas na imagem que ilustra UMA CURIOSIDADE, embora a lupa do 'Sherlock Holmes' aponte para baixo (mesmo contrariando as Leis da Ótica), direcionei o foco para o 'seu' método. Obrigado, mais uma vez.

Comentário de Gilberto Fugimoto em 26 fevereiro 2015 às 18:03

Quem tiver interesse está no Grupo 

Riscos de Acidentes na Zona Rural

Comentário de Gilberto Fugimoto em 26 fevereiro 2015 às 18:02

Ola José Luiz e colegas,

Grato pela lembrança.

O método que havia citado é o BOW-TIE e está em 

http://agronomos.ning.com/group/riscosdeacidentesnazonarural/forum/...

abração

© 2019   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço