Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Aviação Agrícola para Aedes aegypti

Este mosquito está infernizando o mundo, e as autoridades de saúde estão em

polvorosa.

Sim, aqui no Brasil, fechamos 2015, com mais de 1,5 milhão de casos de dengue, e a

febre do Zica vírus tem como vetor o mesmo Aedes aegypti, responsável também pela

disseminação da febre Chikungunya, e da própria dengue. Precisamos eliminar o

mosquito, para eliminar o vetor de transmissão destas três doenças ao homem.

URGENTE! Prá ontem!

Ora, como engenheiro agrônomo, aviação agrícola, é a forma mais eficiente de se

combater o mosquito, e é estratégia adotada por muitos países no mundo, com

resultados altamente eficientes.

O deputado federal Valdir Colatto, que é agrônomo também, apresentou

recentemente ao governo federal, proposta que prevê, e recomenda o uso de aviões

agrícolas para combater este mosquito, espalhando o fumacê sobre as áreas

problemáticas.

Nada mais lógico. Nada mais prático. Nada mais econômico. Nada mais eficiente.

E lembro que em 1975, na baixada santista, SP, utilizou-se aviões agrícolas para

debelar focos do mosquito do gênero Culex, que infestavam a região, e esta estratégia

foi responsável por eliminar surtos de encefalite, que assolavam os municípios da

baixada como Mongaguá, Peruíbe e Itanhaém.

Pois é, apesar das evidências históricas, o SINDAG, (órgão da aviação agrícola), vem

insistindo na proposta do deputado Valdir Colatto, e são ignorados pelas autoridades

do governo federal, que coordenam o Programa Nacional de Controle da Dengue. É

inacreditável! Há muita gente morrendo!

São por coisas assim que fico indignado. São por coisas assim que recomendo aos

funcionários públicos incompetentes de todas as esferas de poder, que RENUNCIEM a

seus cargos. Peçam demissão e vão fazer outra coisa, o Brasil é país tão cheio de

oportunidades, não é? Parem de atrapalhar a nação, parem de parasitar o Estado.

Estamos cansados de vocês! Está puxado demais da conta!

João Antonio Pagliosa

www.palestrantejoaopagliosa.blogspot.com.br

Curitiba, 05 de fevereiro de 2016.

Exibições: 118

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço