Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

COMISSÃO REJEITA QUE BIÓLOGO RESPONDA POR PRODUÇÃO DE SEMENTES.

UMA GRANDE VITÓRIA DA CLASSE AGRONÔMICA, PARABÉNS AOS DEPUTADOS FEDERAIS:

 Zé Silva: Eng. Agrônomo, agricultor e Extensionista Rural

 Giovane Queiroz: Médico e Agropecuarista

http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/noticias/AGROPECUARIA/4411...

Exibições: 801

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de ARTUR GUSTAVO RIBEIRO DE SOUSA em 24 julho 2013 às 23:53

GERALMENTE UM BIÓLOGO NÃO ACEITA QUE SE DESTRUA UM FORMIGUEIRO OU MESMO UM CUPINZEIRO MAS, SENTA-SE À MESA E SE FARTA COM O QUE O AGRÔNOMO JUNTO AO HOMEM DO CAMPO PRODUZEM E AGORA QUEREM RESPONDER POR PRODUÇÃO DE SEMENTES?. VÃO FAZER UM NOVO VESTIBULAR E ADQUIRIR UM CREA, ORA ESSA!

Comentário de Ric. Anônimo em 22 julho 2013 às 23:52

NÃO PODEMOS DEIXAR QUE OUTRAS PROFISSÕES COMPARTILHEM NOSSAS ATRIBUIÇÕES. 

TEMOS QUE FICAR SEMPRE ALERTA AOS PROJETOS DE LEI QUE SURGEM, COMO ESSE DOS BIÓLOGOS. AO SURGIR, NOSSAS ENTIDADES DE CLASSE (COM NOSSA PARTICIPAÇÃO), TEM QUE LOGO ATUAR E "APAGAR O FOGO". TEMOS QUE SE MANTER ALERTA.

Comentário de José Fausto ferreira Júnior em 22 julho 2013 às 10:13

Que me desculpem os amigos biólogos, mas estou muito feliz com esta vitória.

Ja a tempo somos engolidos pelos cursos que de uma forma ou de outra acabam entrando no nosso contexto profissional. Cada vez mais o profissional de agronomia que pelo menos por aqui tem pocas faculdades. vem sendo menos procurados. As faculdades com seus cursos medíocres que visam apenas $$$$ fazem uma grande publicidade dos cursos que chegam e a população desconhece as atribuições do engenheiro agrônomo que acaba não sendo procurado e só é valorizado depois que os problemas já se instalaram. 

Comentário de José Leonel Rocha Lima em 21 julho 2013 às 18:32

Caro Ricardo,

Agradeço sua atenção, meu e-mail é leonelrochalima@gmail.com

Esse dado do aumento em 8.000% das prescrição de Receituário Agronômico pelos técnicos agrícolas e consequente e diminuição das prescrição por Engenheiros Agrônomos tem que ser amplamente divulgado entre nós para a sociedade ser esclarecida.

Estamos juntos nessa luta. Vindo do Rio de Janeiro avisa com certa antecedência para promovermos um debate no Clube de Engenharia.

Forte abraço.

  

Comentário de Ric. Anônimo em 21 julho 2013 às 18:04

É isso aí Jefferson. Acontece que enquanto esse presidente atual do Confea estiver lá, não vai ser fácil. Ele foi elegido com apoio dos técnicos. O que temos que fazer primeiro é articular para mudar o presidente do Confea.

Temos o apoio da Confaeab. Levante essa questão na sua Associação e ajude a levá-la adiante.

Abraço.

Comentário de Jefferson G. Acunha em 21 julho 2013 às 17:57

Caros colegas, prezado colega Ricardo, bom dia. Quanto a este decreto absurdo, neste momento, creio que deveríamos nos informar acerca da melhor (mais segura e mais rápida) forma de o derrubarmos (na verdade, são os políticos que poderão fazê-lo, mas nos caberá pressioná-los para que o façam, através das nossas corporações oficiais e extra-oficiais, etc). Há pouco, consultei ao meu irmão, Advogado e doutorando em Direito, acerca das formas de revogação de um decreto, tendo recebido a seguinte resposta da parte dele (em tom informal, claro):

"Das duas formas¹. E não se trata de anulação, mas de revogação. Um decreto é um ato normativo infralegal, ou seja, está abaixo da lei. Assim, uma lei que disponha em sentido contrário a um decreto acaba por prevalecer. O mesmo quando há decreto posterior que (a) revogue o decreto anterior expressamente, (b) regule inteiramente a matéria regulada pelo decreto anterior, ou (c) disponha em sentido contrário."

Abraços a todos os colegas! Até mais!

¹ Através de um novo decreto ou mediante uma lei.

 

Comentário de Ric. Anônimo em 20 julho 2013 às 19:59

Na questão dos técnicos agrícolas, leiam o Decreto 90.922/1985 e Decreto 4.560/2002.

O primeiro Decreto concede algumas atribuições nossas aos técnicos DESDE QUE RESPEITADOS OS LIMITES DE SUAS FORMAÇÕES, conforme consta num artigo daquele Decreto.

Já com o Decreto 4.560/02, os técnicos passam a ter até mais atribuições que nós... um absurdo.

Temos que cobrar ações e apooiar a Confaeab para barrar esse Decreto 4560/02.

Comentário de Jefferson G. Acunha em 20 julho 2013 às 18:41

Prezados colegas, no tocante às nossas lutas profissionais, creio que a questão relativa aos técnicos de nível médio mereça ser priorizada (haveria inúmeras razões para fazê-lo, dentre as quais, a cientificidade inerente à prescrição do receituário agronômico, por exemplo - leiam a mensagem do colega Ricardo, abaixo). O que lhes parece? O que efetivamente tem sido feito com relação a este problema? O que poderemos fazer? Abraços e bom domingo a todos!

Comentário de Ric. Anônimo em 20 julho 2013 às 17:54

Prezado José Leonel Rocha Lima, isso tudo aí que eu postei pode ser encontrado na internet, no site da Câmara (procure lá os PL's pelo número e pelo ano). Não tem novidade nenhuma. Mas me passe seu e-mail que lhe envio alguns textos sobre os assuntos... Temos que cobrar a Confaeab para que seja atuante principalmente na questão dos técnicos agrícolas, e também apoiá-la via entidades de classe. Saiba que de um ano para cá, quando o Confea soltou as rédeas (devido ao fato de o atual presidente ter sido eleito pelos técnicos), cresceu 8.000% a prescrição de Receituário Agronômico pelos técnicos, e diminuiu a prescrição por Engenheiros Agrônomos.

Entre no site da nossa Associação, em Notícias, e clique no rodapé em Leia Mais, e verás várias notícias sobre tais assuntos.. O site é amea.org.br

Outros sites de interesse: confaeab.org.br, confea.org.br, camara.gov.br, etc... Tem várias Associações Brasil afora que possuem sites.

Se quiser me passe seu e-mail que lhe enviarei as notícias...

E participe de vossas Associações de Engenheiros Agrônomos e debatam o assunto de política profissional. Estejam ligados com o CREA tbm...

Abraço

Comentário de José Leonel Rocha Lima em 20 julho 2013 às 14:34

Caro Ricardo,

Gostaria que enviasse um artigo sobre as ameacas mais criticas da nossa profissao.

Estamos organizando 7 CEA e poderemos utilizar suas informacoes para esclarecimentos e alerta a  catgoria.

Tambem convido o colega enviar trabalho para o nosso congresso. Temos uma area de exercicio profissional e mercado de trabalho.

Entr na pagina de congresso tem todas as orientacoes e o envio e on line .

BOM FIANL DE SEMANA,

© 2020   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço