Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

 

LANÇAMENTO DO COMITE RIO EM DEFESA DAS FLORESTAS

 

CENÁRIO DO LANÇAMENTO

DO COMITE RIO EM DEFESA DAS FLORESTAS

 E  CÓDIGO FLORESTAL

 

 

Teatro repleto de consciência ambiental das lideranças jovens e dos formadores de opinião da sociedade do Rio de Janeiro.

Cidade maravilhosa, sediou a Rio 92 e está em preparativo para Rio +20.

Engenheiros Agrônomos e Florestais prestigiaram o lançamento do Comite Rio.

Exibições: 169

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de José Leonel Rocha Lima em 13 setembro 2011 às 23:37

Essa rede é dos agrônomos do Brasil e é democratica na sua essencia...

Você tem razão nos seus argumentos e o assunto é complexo.

O que o Brasil precisa é cumprir o código florestal. Esse ou o novo. O que não pode é continuar sendo desrespeitado. A impunidade é o maior cupim das nossas florestas, concorda?

Não aceito que os produtores de alimentos, fibras e madeira sejam taxados de vilões do ambiente, pelo contrário deveriam ser reconhecidos e respeitados como brasileiros que ocupam o nosso imenso território, produzindo alimentos e riquezas para o todos os brasileiros.

Agora os brancos que se reuniram são formadores de opiniã. A consciência da juventude brasileira é muito mais ecológica e a cada geração atual será muito mais crítica e intolerante com os crimes ambientais. Em alguns anos essa nova geração estará nos níveis de decisões do estado e das empresas e as mudanças de atitudes certamente ocorrerão.

Quem influência a política do País, tanto na legislação para o meio urbano como no rural, são as pessoas da cidade e o Rio de Janeiro é considerado como um dos maiores tambores do Brasil e o que é tocado aqui repercute para todos os cantões do nosso grande Brasil. 

Saudações agronômicas e ambientais

Comentário de Rafael Salerno em 12 setembro 2011 às 3:12

Só vou comentar pq esta seria a rede de agronomos do Brasil e não do RJ...mas vamos ser sinceros, pq iniciativas como essa não ultrapassam a Serra dos Orgãos ou o Pico do Jaraguá em SP???

É simples...pq o Brasil quer e precisa de um novo código florestal !

Tá muito fácil reunir um monte de gente branca em uma cidade que sua urbanização vai até dentro do mar, dos estuários e dos morros e daí vão querer de lá apontar como grandes vilões ambientais os habitantes do Cerrado ou da Amazônia. Onde estão os caboclos, os pequenos produtores de todas as cores fazendo reuniões pelo código florestal? Não há e nem vai haver...nínguem quer a manutenção de uma lei absurda que se fosse seguida faria que toda a paisagem de BH/MG a RJ/RJ teria de se transformar em parque nacional por que onde não é topo de morra, encosta declivosa é beira de rio...então vai produzir aonde?Mas e se nós já desmatamos a mais de 100 anos atrás, onde fica nosso direito???

 

Essa lei vai ser exigida de europeus, norte-americanos e japoneses tbm pra ficar ouvindo eles falarem merda aqui no NOSSO PAÍS ? Acho que não...então chega de baboseira ambientalista e vamos fazer leis para o Brasil dos Brasileiros, que favoreça quem trabalha, produz, gera empregos e faz este país melhor.

Não uma legião de sanguesugas de verbas governamentais como tantos ongueiros por aí, que não produzem nada e ainda exigem que o governo e sociedade os mantenham sob o ônus de quem produz de sol a sol

Comentário de Reinildo Damasceno Souza em 11 setembro 2011 às 10:10
Uma grande idéia parabéns, que será mais proveitosa se fosse expandido para todo o bioma Mata Atlântica, é com pequenos movimentos que se atinge o grande objetivo. Salvemos as florestas e o Código Florestal.
Comentário de Gilberto Fugimoto em 10 setembro 2011 às 16:12

Olá Leonel,

Parabéns pela participação no evento.

Se possível, fale mais sobre as propostas veiculadas nos debates!

abração

© 2019   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço