Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Como anda a participação brasileira em Paris, na Conferência das Mudanças Climáticas

Por José Luiz Tejon Megido, Conselheiro Fiscal do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS), Dirige o Núcleo de Agronegócio da ESPM, Comentarista da Rádio Jovem Pan.

O Brasil através de suas entidades ABAG, SRB, GTPS, e Coalizão Brasil Clima Agricultura e Floresta, segue apresentando dados e exemplos nacionais. A Sociedade Rural Brasileira fala que temos a produção mais sustentável do planeta, e com uma legislação trabalhista muito exigente. Também aborda a recuperação de pastagens degradadas e a conversão em sistemas de agricultura de baixo carbono.

O Brasil tem 64% de sua área coberta com vegetação nativa e vamos ver a restauração de milhões de hectares de reserva legal para adequação ao código florestal. E novas práticas como a integração lavoura pecuária e floresta, por exemplo.

O que esperamos mesmo disso será o dia seguinte. O que vamos fazer e como vamos fazer aqui, no Brasil, para que líderes da agropecuária e dos setores florestais, sem esquecer as agroindústrias e o varejo, chegando ao consumidor final, nessa inquestionável questão da mudança climática planetária.

Sobre o CCAS

O Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) é uma organização da Sociedade Civil, criada em 15 de abril de 2011, com domicilio, sede e foro no município de São Paulo-SP, com o objetivo precípuo de discutir temas relacionados à sustentabilidade da agricultura e se posicionar, de maneira clara, sobre o assunto.

O CCAS é uma entidade privada, de natureza associativa, sem fins econômicos, pautando suas ações na imparcialidade, ética e transparência, sempre valorizando o conhecimento científico.

Os associados do CCAS são profissionais de diferentes formações e áreas de atuação, tanto na área pública quanto privada, que comungam o objetivo comum de pugnar pela sustentabilidade da agricultura brasileira. São profissionais que se destacam por suas atividades técnico-científicas e que se dispõem a apresentar fatos concretos, lastreados em verdades científicas, para comprovar a sustentabilidade das atividades agrícolas.

A agricultura, apesar da sua importância fundamental para o país e para cada cidadão, tem sua reputação e imagem em construção, alternando percepções positivas e negativas, não condizentes com a realidade. É preciso que professores, pesquisadores e especialistas no tema apresentem e discutam suas teses, estudos e opiniões, para melhor informação da sociedade. É importante que todo o conhecimento acumulado nas Universidades e Instituições de Pesquisa seja colocado à disposição da população, para que a realidade da agricultura, em especial seu caráter de sustentabilidade, transpareça. Mais informações no website: http://agriculturasustentavel.org.br/. Acompanhe também o CCAS no Facebook: http://www.facebook.com/agriculturasustentavel

Exibições: 55

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

© 2019   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço