Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Eng. Agrônoma Rita de Cássia é Candidata à Presidente do CREA/MA

Rita de Cássia Neiva Cunha (Rita de Cássia 40)
Graduação em Agronomia pela UEMA, em 1990; Pós-Graduação: Gestão Ambiental de Empresas pela da Gama Filho, 2013; Pericias e Licenciamento Ambiental pela UFSC, 2017.

PROPOSTAS
01 - Implantação da excelência na administração, atendimento e finanças do Sistema CREA-MA.
02 - Melhoria do Sistema de Transmissão Eletrônica de todos processos, taxas, anuidades e ART’s do CREA-MA.
03 - Criação de uma LINHA DIRETA COM A PRESIDÊNCIA DO CREA-MA / FALA PRESIDENTE;
04 - Elaboração de Plano Emergencial de Levantamento e Negociação de Débitos anteriores de quaisquer naturezas.
05 – Desenvolvimento de um Sistema de Fiscalização georeferenciado com registro informatizado (whatsapp, telefônico, e-mail, etc.).
06 – Participação do CREA-MA no acompanhamento das iniciativas do AST na Base de Lançamento de Alcântara através de protocolo de cooperação técnica entre as partes envolvidas;
07 – Promoção de parceria com a FAMEM para fiscalização de obras públicas executadas por municípios e/ou consórcios intermunicipais de quaisquer naturezas, utilizando o Sistema de Fiscalização georreferenciado do CREA-MA.
08 - Elaboração do Plano de Fiscalização com participação dos profissionais do CREA-MA adotando o controle de metas e resultados.
09 - Efetivação de parcerias e termo de cooperação para disponibilizar benefícios aos profissionais de agronomia, engenharia e geociência, registrados e em dia com o CREA-MA.
10 - CREA EMPREENDEDOR - apoiar a capacitação dos profissionais de agronomia, engenharia e geociências em parceria com entidades do Sistema “S”.
11 – Participação, conjuntamente ao TCU/CGU/MPF/MPT, na realização de concursos públicos para profissionais de engenharia, agronomia e geociências;
12 - Implementação de campanha de boas práticas profissionais (Código de Ética e Compliance) visando a melhoria da gestão e atuação das Inspetorias Regionais do CREA-MA e ao combate do exercício ilegal de profissional.
13 – Programa de Residência Técnica da Engenharia, Agronomia e Geociências.
14 - Fiscalização em todos entes federativos o cumprimento ao disposto no Art. 12 da lei 5.194/66 que exige conhecimento de agronomia, engenharia e geociências nas entidades estatais, autárquicas, paraestatais e de economia mista.
15 - Participação da formulação e implementação das Políticas Públicas de Meio Ambiente, Recursos Hídricos/Bacias Hidrográficas, Saneamento Básico e Resíduos Sólidos do Maranhão;
16 - Participação na definição da legislação e apoio à implantação de Projetos de Pesca e Aquicultura, Carcinicultura e Piscicultura com Tanque-Redes;
17 - Apoio ao desenvolvimento e adensamento das cadeias produtivas e de suprimentos dos negócios agropecuários; industriais e da biodiversidade, todas de base familiar e empresarial.
18 - Participação nas instâncias de discussão pública e privada sobre barragens, açudes e diques; transporte multimodal, exploração mineral; e da matriz e eficiência energética.

ATUAÇÃO PROFISSIONAL 

Assessora Técnica da FAMEM, - Federação dos Municípios do Estado do Maranhão desde 2017 na Coordenação de Desenvolvimento Rural e Meio Ambiente, atuando nos seguintes projetos: Área da Produção: Plano de Regularização dos Abatedouros Municipais; Implantação do Sistema de Inspeção Municipal – SIM; Programa Mais Sementes e Mudas; e Organização das Secretarias Municipais de Agricultura; Área de Meio Ambiente: Comitês de Bacias Hidrográficas dos Rios Munin, Pindaré, Itapecuru e Mearim; Revitalização e Segurança da Barragem do Rio Flores; Conselho Estadual de Recursos Hídricos – CONERH (2018 - 2021); Conselho Estadual de Meio Ambiente – CONSEMA(2018-2021); Área de Desenvolvimento Regional: Pauta Municipalista do Desenvolvimento Municipal; Concepção do CONSÓRCIO MARANHÃO. Superintendente CREA-MA, no período de fevereiro de 2015 a maio de 2017;

1) desde julho de 2018 trabalho na Regularização da Cadeia Produtiva da Carne no Estado do Maranhão como assessora técnica da FAMEM- Federação dos Municípios em parceria com a AGED, SAGRIMA, MPE MA, ALEMA, Vigilância estadual do Maranhão;
2) Implantação do SIM – Serviço de Inspeção Municipal que visa a regularização das cadeias produtivas da carne, pescado, ovos, frangos, laticínios e mel. Com a regularização destas cadeias temos a geração de emprego e renda, além, de obras das mais diversas engenharias para atender a regulamentação sanitária e ambiental;
3) Grupo de monitoramento e revitalização da Barragem do Flores onde acompanhamos as demandas de manutenção e as possibilidades de desenvolvimento de projetos produtivos;
4) Conselheira do CONSEMA- Conselho Estadual de Meio Ambiente representando a FAMEM- Federação dos Municípios do Estado do Maranhão – No CONSEMA são discutidas as políticas de meio ambiente do Maranhão, as resoluções que norteiam os licenciamentos ambiental.
5) Conselheira do CONERH – Conselho Estadual de Recursos Hídricos representando a FAMEM- Federação dos Municípios do Estado do Maranhão – No CONERH são discutidas as resoluções para os licenciamento de água subterrâneas, captação de água, águas fluvial e pluvial. Formação dos Comitês de Bacias, discussão para a alteração da Lei que trata da divisão Estado em mais Bacias Hidrográficas onde foi acrescentados novos comitês;
6) Representante da FAMEM no Comitê Estadual de Coordenação do AgroNordeste no Maranhão – Programa que está sendo desenvolvido na região do Medio-Mearim;
7) Formulação do Projeto da Residência Técnica da Engenharia, Agronomia e Geociências com a participação do Eng. Agrônomo da SEPLAN Marco Aurélio onde fizemos visitas na UEMA, UFMA, IFMA, FACAM e aos Deputados Daniella Tema e Rafael Leitoa para tratar do modelo do projeto de Lei para ser apresentado ao Executivo Maranhense;
8) Assessoria junto as Secretárias Municipais de Meio Ambiente Referente a Resíduos Sólidos, Planos de Saneamento Básico;
9) Coordenação para a elaboração da Planta Modelo de Abatedouro bovino seguindo as normas sanitárias;
10) Discussão para a implantação da rastreabilidade vegetal no Maranhão;
11) Organização de Seminário para tratar da Regularização Fundiária Urbana e Rural;
12) Organização do Seminário sobre a “Qualidade de Estradas Vicinais”.
13) Participação dos Encontros de Líderes da Engenharia, Agronomia e Geociências;
14) Participação no XXX e XXXI – CBA – Congresso Brasileiro de Agronomia respectivamente em 2017 em Fortaleza – CE e em 2019 no Rio de Janeiro;

Exibições: 12

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

© 2020   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço