Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Colegas Engenheiros Agrônomos,

O CREA-GO veicula em seu Boletim Eletronico n. 145 (20 a 24 de julho DE 2009 - www.crea-go.org/arquivos/uploads/boletim145.pdf), na página 3, notícia sobre alteração nos nomes dos cursos de engenharia proposto pelo MEC.


O texto diz: NOMES DOS CURSOS DE ENGENHARIA DEVEM SOFRER ALTERAÇÕES - O MEC está fazendo uma consulta pública, durante o mês de julho, com a intenção de modificar os nomes dos cursos de engenharia. Os 258 nomes atualmente existentes deverão ser reagrupados em 22 nomes. As sugestões, propostas de mudanças e inclusões podem ser feitas até o dia 31 de julho através da internet. O formulário de avaliação dos cursos de engenharia deve ser preenchido no site do MEC (www.mec.gov.br) e enviado para o e-mail referenciais.sesu@mec.gov.br. Também no mesmo site, o documento convergência de denominações mostra a proposta dos nomes. Finalizada a consulta pública, um grupo de especialistas verificará as propostas e fará as alterações que forem necessárias. A versão final estará disponível em novembro e, a partir de janeiro, as instituições começarão a fazer as mudanças em suas nomenclaturas. O período de transição se encerrará na próxima avaliação do Sinaes. Veja no quadro abaixo algumas propostas:

Nome Atual: ENGENHARIA AGRONÔMICA Proposta: AGRONOMIA



A noticia foi enviada pelo Engenheiro Agrônomo (ou seria somente Agrônomo) Luiz Alberto de Souza de Goiânia, GO, que faz a seguinte ponderação, por sinal, muito lucida:


A prática da agronomia, além da engenharia, deveria estar muito relacionada a tecnologias de processos e, portanto, muito ligada nas áreas da química e da biologia. O solo, por exemplo, palco e base de todo o processo agrícola, é pura química e biologia influenciando o tempo todo sobre seus aspectos físicos. Acima do solo, é pura interação dos seres vivos, onde a biologia diz tudo. O profissional da agronomia age com base em conhecimentos fincados numa relação da natureza ainda de domínio sobre a mesma, ou seja, numa engenharia totalmente cartesiana e simplista, sem uma visão holística do ambiente. Aprendemos a destruir ambientes naturais, e para aprendermos como construí-los, necessitamos de conhecimentos oriundos da biologia, principalmente da ecologia.
O termo agronomia, segundo o dicionário aurélio, é "o conjunto das ciências agrárias e dos princípios que regem a prática da agricultura". Não consultei outras fontes sobre definições e conceitos vários sobre este tema, mas pra mim, simplesmente "agronomia" tá de bom tamanho. Bebeto


Creio que seja uma discussão pertinente para o momento e é hora de nos manifestarmos.

Saudações Agronômicas

Pedro Freitas
Engenheiro Agrônomo (assim consta em meu diploma)
Embrapa Solos Rio de Janeiro
Tel. 21 2179 4562 Celular: 21 8206 8531
End. Eletrônicos: pedroluizdefreitas@gmail.com























--

Exibições: 16909

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de PEDRO LUIZ DE FREITAS em 8 maio 2017 às 11:35

Para registro:  Fico irritado com a mídia global (Globo Rural, Revista Globo Rural etc.) que insiste em generalizar a competência de colegas Engenheiros Agrônomos, nomeando-os como AGRÔNOMOS. Vale uma advertência formal por parte da AEARJ, da CONFEAB e do sistema CREA/CONFEA.

Comentário de PEDRO LUIZ DE FREITAS em 8 maio 2017 às 11:29

Complementando o assunto, artigo assinado pelo Professor Menten com o título: Engenharia agronômica ou agronomia? <g1.globo.com/mato-grosso/agrodebate/noticia/2014/08/opiniao-engenharia-agronomica-ou-agronomia-engenharia-agronomica.html>, que define a  Engenharia agronômica - Agricultura é a arte e a ciência de produzir animais e vegetais úteis. Embora possa existir uma escola, não existe um curso de Agronomia.

Professor Menten  deixa claro que na AGRONOMIA o engenheiro agrônomo reúne competência para GERENCIAR o negócio agrícola com a colaboração de engenheiros agrônomos, florestais, agrícolas. Além de médico veterinários e dos técnicos de nível médio é tecnólogos.

http://g1.globo.com/mato-grosso/agrodebate/noticia/2014/08/opiniao-... 

Comentário de PEDRO LUIZ DE FREITAS em 23 julho 2009 às 15:56
Colega Engenheiro Agrônomo (futuro agrônomo),

Você que leu a mensagem anterior e quer fazer alguma coisa, melhor se mexer agora ou, como de costume, calar-se para sempre.

O MEC abriu a Consulta Pública dos Referenciais Nacionais dos Cursos de Graduação de Engenharia
Ver endereço: portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=13812&Itemid=86.

O objetivo, diz o documento, é “produzir convergências que facilitem a compreensão por todos os segmentos interessados na formação superior, sem inibir possibilidades de contemplar especificidades demandadas por regiões ou setores de trabalho do País”. Para isto, existe uma proposta de nomenclatura unificando cursos com denominações diferentes.

Para a área que envolve a Engenharia Agronômica, existe uma proposta de convergencia, assim simplificada (somente para os cursos de interesse), que está em anexo (ver em http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/convergencia_denominacao_engenharia.pdf).

Para os cursos de interesse o MEC propõe um referencial sobre as competencias (portal.mec.gov.br/dmdocuments/referencias_engenharia.pdf).

A consulta pública busca as sugestões e críticas e está aberta até o dia 31 de julho e deve ser feita através do formulário disponibilizado no portal do MEC (http://portal.mec.gov.br/formularios/sistema_integrado/index.php/contribuicoes-referenciais-nacionais).

Portanto, ao invés de enviar mensagem para mim ou para o seu colega mais próximo, mande para o MEC.
_________________________________________________________________
CONSTRUÇÃO DOS REFERENCIAIS NACIONAIS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

fonte: http://portal.mec.gov.br/dmdocuments/convergencia_denominacao_engenharia.pdf

____________________________________
____________________________________
CONSTRUÇÃO DOS REFERENCIAIS NACIONAIS DOS CURSOS DE GRADUAÇÃO

Fonte: portal.mec.gov.br/dmdocuments/convergencia_denominacao_engenharia.pdf

DE >>> PARA
Agronomia >>> Agronomia
Agronomia (Engenharia Agronômica) >>> Agronomia
Agronomia (Visão Sistêmica em Agronegócios) >>> Agronomia
Bacharelado em Agronomia >>> Agronomia
Engenharia Agronômica >>> Agronomia
Agronomia para Movimentos Sociais do Campo >>> Agronomia ou Curso de Graduação Tecnológica
Engenharia de Agronegócios >>> Agronomia ou Curso de Graduação Tecnológica
Engenharia Agrícola >>> Engenharia Agrícola
Engenharia Agrícola e Ambiental >>> Engenharia Agrícola ou Ambiental
Engenharia Ambiental >>> Engenharia Ambiental
Engenharia de Agrimensura >>> Engenharia de Agrimensura
Engenharia de Agrimensura e Cartográfica >>> Engenharia de Agrimensura
Engenharia Agroindustrial Indústrias Alimentícias >>> Engenharia de Alimentos
Engenharia de Alimentos >>> Engenharia de Alimentos
Engenharia de Alimentos - Ênfase em Agroindústria >>> Engenharia de Alimentos
Engenharia de Minas e Meio Ambiente >>> Engenharia de Minas ou Ambiental
Engenharia de Aquicultura >>> Engenharia de Pesca
Engenharia de Pesca >>> Engenharia de Pesca
Engenharia de Pesca e Aquicultura >>> Engenharia de Pesca
Engenharia de Produção, com Ênfases em Gestão da Informação e Gestão Ambiental >>> Engenharia de Produção ou Ambiental
Engenharia de Produção – Agroindústria >>> Engenharia de Produção ou Química ou de Alimentos
Engenharia de Produção Agroindustrial >>> Engenharia de Produção ou Química ou de Alimentos
Engenharia de Produção Sucro-Alcooleira >>> Engenharia de Produção ou Química ou de Alimentos
Engenharia de Energias Renováveis e Ambiente >>> Engenharia Elétrica ou Química ou Ambiental
Engenharia em Energia e Desenvolvimento Sustentável >>> Engenharia Elétrica ou Química ou Minas ou Ambiental
Engenharia de Florestas Tropicais >>> Engenharia Florestal
Engenharia Florestal >>> Engenharia Florestal
Engenharia Agroindustrial Agroquímica >>> Engenharia Química
Engenharia em Bioprocessos e Biotecnologia >>> Engenharia Química
Engenharia Química e Ciência Ambiental >>> Engenharia Química

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço