Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Hortifrutícolas que devem ter oferta elevada em fevereiro

Hortifrutícolas que devem ter oferta elevada em fevereiro

Fevereiro é um mês de elevada oferta para alguns hortifrutícolas. Enquanto alguns produtores devem iniciar a safra, outros já devem atingir o pico de colheita.

 

batata de Minas Gerais é um dos produtos que devem começar a entrar forte no mercado neste mês. As principais regiões produtoras de batata de Minas Gerais – Sul de Minas e Triângulo Mineiro/Alto Paranaíba (MG), devem ofertar um bom volume de batatas em fevereiro. Produtores de Água Doce (SC) e de Bom Jesus (RS) também devem intensificar as atividades.

 

As atividades de colheita de maçã no Sul do País também devem continuar intensas não só em fevereiro, mas pelo menos até abril. A colheita de maçã se concentra nos primeiros quatro meses do ano, e alguns produtores estocam a fruta ao longo do ano para programar o melhor período de venda da fruta.

 

banana nanica vem se desvalorizando devido ao aumento da oferta da fruta no Vale do Ribeira (SP) e norte de Santa Catarina. O pico de oferta deve ocorrer só em março, pois as enchentes no Vale do Ribeira no ano passado atrasaram a safra e o frio durante a noite nas roças catarinenses desacelerou a maturação da nanica.

 

uva fina dos municípios paulistas de São Miguel Arcanjo e Pilar do Sul (SP) devem entrar em pico de safra já nesta semana.

 

Já outros produtos, em algumas praças específicas, devem apresentar pouca oferta nas próximas semanas. No caso do mamão, produtores do Espírito Santo e Sul da Bahiaesperam que o volume colhido reduza significativamente apenas em março, quando há previsão de “pescoço” (período de entressafra causado por impactos climáticos) se inicie nas roças mais velhas. Assim, os preços devem seguir em patamares baixos nas próximas semanas.

 

Para o tomate, a produtividade das lavouras de tomate de Caçador (SC) está prejudicada nesta temporada. Além dos casos de requeima surgidos atualmente, as chuvas de granizo que ocorreram durante o desenvolvimento das plantas (fim de novembro/10) reduziu o calibre dos frutos, o que comprometeu a produtividade. Segundo tomaticultores da região, o rendimento médio de fevereiro deve ser inferior ao potencial da região.

Exibições: 67

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

© 2020   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço