Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

A garrafa PET está sendo cada vez mais usada por agricultores familiares para a irrigação de suas plantações de hortaliças e frutíferas, com a orientação técnica da Emater-PB, empresa de extensão rural integrante da Gestão Unificada, vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap) da Paraíba. Trata-se de um sistema artesanal já usado em outras regiões do país e que se mostra eficiente, econômico e de fácil de manuseio. (1)

Segundo o agrônomo José Marinho de Lima, com uma garrafa PET o agricultor pode instalar um sistema de gotejamento simples e barato para irrigação de plantas sem desperdiçar água. O fluxo é feito de forma contínua, em pouca quantidade, pois a água passa por um pequeno furo aberto no fundo ou na tampa da garrafa, e forma um bulbo molhado diretamente no tronco da planta. Desta maneira, a terra fica sempre úmida, com pequena perda de água pela evaporação. O reservatório (garrafa pet) é reabastecido e o processo se renova.

A Figura abaixo apresenta algumas soluções para a irrigação com garrafas PET em pequenas áreas.

Como funciona

Para preparar o sistema é necessário um furo que pode ser aberto na tampa ou no fundo da garrafa, dependendo da forma como deve ser colocada para a rega. Quanto mais largo o furo, maior a quantidade de água que será liberada. Também deve ser feita uma abertura para a entrada de ar e para facilitar o gotejamento. Recomenda-se que, antes de ser utilizada, a garrafa deve ser lavada e a tampa bem fechada. Pode ser fixada com arame em um piquete de madeira ou no próprio tronco da árvore. Esse sistema rústico e eficaz de irrigação não precisa do uso de energia.

Considerando que o método de irrigação mais usual com garrafas PET é o gotejamento, vale a pena observar que o espaçamento entre as mesmas é função da textura do solo, como mostra o Quadro da Figura abaixo; ou seja, no solo arenoso o espaçamento é menor do que no solo de textura média, alcançando o maior afastamento no solo argiloso.

Caso o irrigante deseje saber qual a vazão que está aplicando ao solo, o método de medição direto e fácil de executar e preciso. Basta cronometrar o tempo de enchimento de um recipiente conhecido (Vazão = Volume/Tempo), como mostra a Figura abaixo.

REF.:

[1] Rural Pecuária

https://ruralpecuaria.com.br/tecnologia-e-manejo/irrigacao/como-irr...

[2] Vídeo

https://youtu.be/1qeTXrj4qgE

Exibições: 35

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço