Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

O que o feirante tem a ver com o agronegócio

Por José Luiz Tejon Megido, Conselheiro Fiscal do Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS), Dirige o Núcleo de Agronegócio da ESPM, Comentarista da Rádio Jovem Pan.

Feirantes são parte integrante e admirável do agronegócio. Um feirante representa nas cidades brasileiras aquilo que no passado, muito antigo, cabia ao próprio produtor rural precisar fazer, além de produzir ia nas feiras expor e vender.

Hoje o produtor requer profunda especialização, e o feirante talento, vontade e comprometimento, para transformar suas madrugadas em dias de trabalho, montar suas barracas, e alegrar fregueses e freguesas com a disposição da motivação de grandes vendedores.

Os feirantes significam o lado da venda do que produtores fazem e, muito interessante, são duas categorias que dependem um do outro, intensamente, mas que se conhecem por meio do trabalho. Sim, o trabalho do produtor chega na feira, e o trabalho do feirante retorna ao campo. Feirantes e produtores rurais, duas categorias de trabalhadores brasileiros que nos dão esperança realista de um Brasil melhor em 2016. Feliz Natal.

 

Sobre o CCAS

O Conselho Científico para Agricultura Sustentável (CCAS) é uma organização da Sociedade Civil, criada em 15 de abril de 2011, com domicilio, sede e foro no município de São Paulo-SP, com o objetivo precípuo de discutir temas relacionados à sustentabilidade da agricultura e se posicionar, de maneira clara, sobre o assunto.

O CCAS é uma entidade privada, de natureza associativa, sem fins econômicos, pautando suas ações na imparcialidade, ética e transparência, sempre valorizando o conhecimento científico.

Os associados do CCAS são profissionais de diferentes formações e áreas de atuação, tanto na área pública quanto privada, que comungam o objetivo comum de pugnar pela sustentabilidade da agricultura brasileira. São profissionais que se destacam por suas atividades técnico-científicas e que se dispõem a apresentar fatos concretos, lastreados em verdades científicas, para comprovar a sustentabilidade das atividades agrícolas.

A agricultura, apesar da sua importância fundamental para o país e para cada cidadão, tem sua reputação e imagem em construção, alternando percepções positivas e negativas, não condizentes com a realidade. É preciso que professores, pesquisadores e especialistas no tema apresentem e discutam suas teses, estudos e opiniões, para melhor informação da sociedade. É importante que todo o conhecimento acumulado nas Universidades e Instituições de Pesquisa seja colocado à disposição da população, para que a realidade da agricultura, em especial seu caráter de sustentabilidade, transpareça. Mais informações no website: http://agriculturasustentavel.org.br/. Acompanhe também o CCAS no Facebook: http://www.facebook.com/agriculturasustentavel

Exibições: 56

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

© 2019   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço