Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Ponto de Vista!!! A AGRONOMIA BRASILEIRA CAMINHA PARA O SEU XXX CONGRESSO BRASILEIRO E AÍ???

A Agronomia Brasileira caminha  para  realizar em 2017 o seu XXX Congresso Brasileiro em Fortaleza-CE  e agora, o que iremos discutir? Vamos tratar da água e seus reflexos para o futuro? Da Produção Animal, Produção Vegetal, Engenharia Rural? Recursos Naturais? E o Ensino de Agronomia e Nossas Atribuições? E o esvaziamento das entidades e participação dos profissionais em suas associações?Mas e aí, será se haverá daqui a 30 ou 40 anos essa profissão com essas mesmas características atribuições?

É preciso então discutir as bases da Agronomia e seus gargalos, temos que ver que não adiantará discutir o futuro se não há certeza de que a nossa  profissão e nossos profissionais estarão realmente lá para implementar aquilo que discutimos hoje.É preciso aperfeiçoar esse grande evento. Procurar  soluções para os principais gargalos que impedem  a evolução do ensino agronômico e a qualidade de formação de nossos profissionais. O reflexo de uma legislação que ''não se atualiza'' em relação às demandas agronômicas e nossa passividade diante de Projetos de Lei de outras categorias como zootecnistas, biólogos, e ações na justiça como Engenheiros florestais querendo ampliar as suas atuações  e limitar nossas atribuições. É preciso então reagir, sair da inércia.

Temos que  buscar parcerias com outras entidades  como SBCS-Ciência dos Solos FEAB-Estudantes de Agronomia, SBMP-Melhoramento de Plantas, Abag-Agronegocio, SBF-Fruticultura, ABH-Horticultura, Sbea-Engenharia Agrícola, entre outras, a fim de evitar eventos agronômicos em datas iguais ou semelhantes, o que esvazia e enfraquece a participação profissional.

Procurar o apoio e parecerias das mesmas e construir um evento que possa chamar a atenção e os olhares não só de  grande parcela de nossos profissionais, mas dos governos e sociedade. É preciso por fim buscar a participação de todos nesse processo, profissionais e estudantes.

Começar a acordar para a importância da participação política em nossa vida profissional elegendo e apoiando colegas e legisladores que lutam e defendem as causas agronômicas.

Criar um encontro nacional em Brasília nos intervalos do Congresso Brasileiro de Agronomia, afim de fortalecer as ações de defesa profissional de forma efetiva, construídas nos CBA, centralizada de forma estratégica no coração político nacional.

 

Exibições: 525

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de ANTÔNIO NETO em 25 agosto 2015 às 22:18

Parabéns Francisco, excelente reflexão. é preciso acordarmos, vermos aonde queremos chegar e qual rumos devemos tomara. A união é necessária, em prol de algo maior nossa categoria. Ou a agronomia desperta ou ela estará fadada ao fracasso. 

Comentário de José Leonel Rocha Lima em 24 agosto 2015 às 23:20

Bravo Francisco,

Ponto de vista super pertinente e oportuno.

Concordo que temos que fazer o balanço do congresso e refletir.

Os próximos terão que ser melhores, com maior articulação das entidades e sociedades, com vista a escalonar os eventos e complementar os temas e trabalhos das ciências agronômicas.

Os problemas que a sociedade estão sentindo e discutindo devem estar presentes nas programações dos próximos CBA para valorização da profissão e reconhecimento da sociedade.

Vamos aprofundar esse importante assunto.

Saudações agroambientais!

 

Comentário de Gilberto Fugimoto em 24 agosto 2015 às 14:51

Eu fico curioso se os colegas da Rede Agronomia têm ciência de que a categoria e nossas as atribuições profissionais estão em risco.

Será que caiu a ficha?

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço