Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Segundo estudo da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, projetos fotovoltaicos ligados à agricultura são muito benéficos, pois, entre várias outras vantagens, a sombra dos painéis solares nas lavouras pode ajudar a produzir até dois ou três. vezes mais frutas e vegetais do que instalações agrícolas convencionais.

A ideia original de integrar painéis de energia solar com sistemas de produção agrícolas tem quase 40 anos. Em 1981, uma dupla de cientistas alemães publicou o artigo “Batatas sobre painéis”, no qual descreveram, pela primeira vez, como a economia da agricultura associada a esses painéis poderia funcionar. Desde então, a ideia foi explorada por pesquisadores ao redor do mundo e passou por transformações que levaram à sua melhoria. (1)

A previsão de especialistas norte-americanos do National Renewable Energy Laboratory (NREL, Laboratório Nacional de Energia Renovável) é de que aproximadamente 1,2 milhão de hectares de terras americanas sejam cobertas por painéis solares em 2030 com o objetivo combinado de produção agrícola e energética.

Um estudo recente de grande importância publicado na Nature descobriu que as áreas de cultivo atuais são as “áreas de cobertura com maior potencial de energia solar fotovoltaica”, com base em uma extensa análise da luz solar recebida, temperatura do ar e umidade relativa.(2)

Eles descobriram que o sistema agrivoltaico impactou significativamente três fatores que afetam o crescimento e a reprodução das plantas – temperatura do ar, luz solar direta e demanda atmosférica por água. A sombra fornecida pelos painéis fotovoltaicos resultou em temperaturas diurnas mais frias e temperaturas noturnas mais quentes do que o sistema tradicional de plantio a céu aberto. Havia também um menor déficit de pressão de vapor no sistema agrovoltaico, o que significa que havia mais umidade no ar.

“Descobrimos que muitas de nossas culturas alimentícias se saem melhor à sombra dos painéis solares porque são poupadas do sol direto”, disse Baron-Gafford. “De fato, a produção total de frutos de chiltepin foi três vezes maior sob os painéis fotovoltaicos em um sistema agrivoltaico e a produção de tomate foi duas vezes maior!”

Além dos benefícios para as plantações, os pesquisadores também descobriram que o sistema agrivoltaico aumentou a eficiência da produção de energia. Os painéis solares são inerentemente sensíveis à temperatura – à medida que aquecem, sua eficiência diminui. Ao cultivar culturas sob os painéis fotovoltaicos, os pesquisadores conseguiram reduzir a temperatura dos painéis.

O equipamento também traz como benefício a redução na demanda de água na ordem de 20%, o aumento da produtividade e a redução nas perdas na lavoura – uma consequência direta da constante exposição ao sol.(3)

Segundo estudo da Universidade do Arizona, nos Estados Unidos, projetos fotovoltaicos ligados à agricultura são muito benéficos, pois, entre várias outras vantagens, a sombra dos painéis solares nas lavouras pode ajudar a produzir até dois ou três. vezes mais frutas e vegetais do que instalações agrícolas convencionais (Imagem acima). (4)

Os painéis foram instalados a uma altura de 2,9 metros. que não só oferece espaço suficiente para o cultivo, mas também permite que as operações sejam realizadas em ótimas condições e facilidades para atividades de manutenção, manejo agrícola e colheita de frutas.

Outros usos dos painéis solares no campo

Além de produzirem energia elétrica, os painéis solares fotovoltaicos podem ser utilizados na iluminação, acionamento de dispositivos automáticos de irrigação, bombeamento de água subterrânea, etc.

Água através de energia solar. Esta agricultora em Ruanda, na África, ganha seu dinheiro com uma bomba móvel solar de água. Ela puxa seu painel para campos de outros fazendeiros e os irriga de fontes de água próximas por uma pequena taxa. (5)

 

REF.:

[1] SISTEMAS AGRIVOLTAICOS: COLHENDO ALIMENTOS, GERANDO ELETRICIDADE, ECONOMIZANDO ÁGUA, Agricultura Moderna, 2019.

https://www.agriculturamoderna.com.br/agricultura-moderna/sistemas-...

[2] AGRIVOLTAICOS SÃO MUTUAMENTE BENÉFICOS PARA ALIMENTOS, ÁGUA E REDE DE ENERGIA, Viking.

https://viking-tech.com.br/agrivoltaicos-sao-mutuamente-beneficos-p...

[3] Sistemas agrivoltaicos: inovação que fomenta a energia solar e a produção no campo, Canal Solar.

https://canalsolar.com.br/sistemas-agrivoltaicos-inovacao-que-fomen...

[4] Blueberries são cultivadas sob sistemas agrivoltaicos gigantes, Blueberries Magazine, 2021.

https://blueberriesconsulting.com/pt/arandanos-se-cultivan-bajo-gig...

[5] Os agricultores colhem energia solar e a produção de alimentos, Funverde, 2021.

https://www.funverde.org.br/blog/os-agricultores-colhem-energia-sol...

Exibições: 156

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço