Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Projetos de Sociais em Agricultura Familiar e Ecologia

A FLD - Fundação Luterana de Diaconia está recebendo projetos, que serão analisados na primeira reunião de 2010. A data de recebimento é do dia 4 de janeiro a 31 de março. Os projetos encaminhados devem atender as quatro áreas de apoio da FLD:

1. Educação Popular, com ênfase em Juventude;
2. Geração de Trabalho e Renda;
3. Agricultura Familiar e Ecologia
4. Saúde Comunitária, com especial foco na sensibilização e prevenção das DSTs e HIV/Aids



Os projetos devem ser encaminhados pelo formulário disponível no site da FLD, em Projetos/Fundo de Projetos/Encaminhar projetos www.fld.com.br/encaminhar_projetos

O site também disponibiliza uma sugestão de roteiro para a elaboração de projetos, em Projetos/Fundo de Projetos/Roteiro para projetos www.fld.com.br/roteiro_projeto

Veja também as perguntas mais frequentes em www.fld.com.br/perguntas

Leia a seguir o detalhamento das quatro áreas, seus objetivos e prioridades de apoio:.

Educação Popular

Objetivo geral:
Apoiar e acompanhar projetos que tematizem questões relacionadas à juventude e a superação da violência, incentivando experiências de trabalho “com” e “de” jovens e a formação de redes juvenis que atuem tanto na formulação como nos modos de operacionalizar políticas públicas.
O apoio atende prioritariamente:
• Formação e Capacitação: formação para o fortalecimento do protagonismo juvenil visando o enfrentamento das múltiplas dimensões da violência e a dinâmica criminal;
• Apoio à criação e o desenvolvimento de metodologias transdiciplinares: apoiar as iniciativas de grupos de jovens e redes sociais no desenvolvimento de linguagens, métodos e tecnologias de intervenção em contextos periféricos (que potencializem conexões entre diferentes áreas do conhecimento, em especial, educação, comunicação, cultura popular e múltiplas dimensões da violência);
• Redes juvenis e troca de experiências: apoio a grupos juvenis e organizações que atuam com jovens que desenvolvam processos sócio-educativos, comunicacionais e produções culturais;
• Incidência em Políticas Públicas e Mobilização: apoio para mobilizações e encontros de jovens, grupos e redes que atuam com esses atores sociais na perspectiva do protagonismo a partir da reflexão e elaboração de políticas públicas.

Na análise e avaliação dos processos de construção de conhecimento, a FLD dará prioridade a projetos que apresentem metodologias, tecnologias e linguagens inovadoras para o trabalho “com” e “de” jovens, estimulando o fortalecimento dos movimentos, redes e grupos juvenis da sociedade civil.

Geração de Trabalho e Renda

Objetivo geral:
Contribuir para a garantia do direito a trabalho e renda através de apoio e acompanhamento a iniciativas comunitárias e de projetos de desenvolvimento sustentável, visando à inclusão social, a incidência em políticas públicas e a redução de desigualdades sociais.

O apoio é prioritariamente para:
• Formação e Capacitação: formação para o fortalecimento das iniciativas comunitárias de geração de trabalho e renda em áreas como gestão democrática e capacitação profissional;
• Apoio à produção e comercialização e a Redes: apoio a iniciativas comunitárias de geração de trabalho e renda voltados à produção e comercialização, principalmente a redes que compartilham processos de produção e/ou de comercialização;
• Articulação, Mobilização e Incidência em Políticas Públicas: apoio para mobilizações e encontros de empreendimentos econômicos solidários e atividades de reflexão e elaboração de políticas públicas.
O público prioritário de projetos de geração de trabalho e renda inclui mulheres, jovens e catadores de materiais recicláveis.

Agricultura Familiar e Ecologia

Objetivo geral:
Apoiar programas e projetos na área de agricultura familiar e meio ambiente visando o desenvolvimento rural integral e sustentável, apoiando o protagonismo dos agricultores, nos princípios da agroecologia, do etnodesenvolvimento e cooperação que propicie vida saudável e realização social e econômica.

A questão da terra deve ser compreendida a partir do tripé “questão agrária”, “questão ambiental” e “questões étnicas”, ajudando a romper propostas que historicamente apagaram as diferenças étnicas e a diversidade cultural, absorvendo-as em classificações genéricas.

As prioridades no apoio a projetos de Agricultura Familiar e Ecologia são:
• Apoio a projetos e iniciativas que contemplam as várias dimensões que viabilizam a permanência na área rural, tais como educação, saúde, crédito, práticas agrícolas sustentáveis.
• Apoiar ações que contemplam o uso integrado e sustentável dos recursos hídricos e florestais, bem como as lutas pela sua preservação.
• Fortalecer a capacidade reivindicatória das organizações dos produtores e produtoras rurais na luta por políticas agrícolas, incorporando os princípios da agroecologia.
• Identificar e apoiar as experiências de agricultura sustentável em áreas de uso comum como nos casos das comunidades quilombolas, reservas extrativistas e terras indígenas.
• Fortalecer redes que promovam a agroecologia como proposta política e que favoreçam a ampliação do debate sobre comercialização, mercado.

Saúde Comunitária

Objetivo geral:
Apoiar projetos na área de saúde, que promovam sensibilização, educação e prevenção com relação a DSTs e HIV/AIDS e que promovam experiências com plantas medicinais e farmácias comunitárias.
Para o período de 2008 a 2010, o apoio a projetos deverá ter seu foco principalmente no enfrentamento da HIV/AIDS, como uma temática transversal nos projetos encaminhados por vários grupos apoiados, como grupos de mulheres, jovens, profissionais do sexo, transgêneros.


Fonte: Site da FLD, via ABCR

Exibições: 1752

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço