Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Qual o Valor do Voluntariado na Agronomia?

Muito se fala em defesa profissional e fortalecimento da categoria. Talvez poucos se deem conta que esse é um trabalho voluntário. Uma iniciativa pouco valorizada na nossa cultura. 

O trabalho voluntário é na verdade o que sustenta grande parte do chamado Terceiro Setor, aquele que se diferencia do primeiro setor (governo) e do segundo setor (mercado). Este setor, que inclui as Associações de Engenheiros Agrônomos na defesa da categoria, mobilizam recursos privados em ações de benefício público ou coletivo. 

Neste sentido, resolvi fazer um exercício, aproveitando que recebi o comunicado de cobrança anual de manutenção da Rede Agronomia da plataforma NING. São U$ 239.90, o que dá R$ 911,62 pela cotação do dólar de hoje. 

A Nota Fiscal (Invoice) abaixo foi reproduzida, só tive o cuidado de ocultar email e celular.

Há 10 anos a Rede Agronomia foi criada. O primeiro ano era gratuito, mas logo depois começou a ser cobrada. Logo no início tentei um Livro de Ouro   A ideia era se cada um contribuísse com R$1,00 teríamos recursos de sobra para manter e produzir ações em favor da Agronomia. Foi uma pequena e honrosa participação mas que não chegou a arrecadar sequer metade do valor da anuidade. 

Naquela ocasião, até porque a conta centralizadora havia sido a da AEARJ, a Associação do Rio de Janeiro, complementou o valor necessário para aquela anuidade.

Desde então resolvi bancar a manutenção da Rede Agronomia. Já foram até agora 9 anos, o que corresponde a um valor de mais R$ 8 mil em valores atualizados em dólar.

Depois de 30 anos de atuação em favor da Agronomia e 10 anos de criação da Rede Agronomia finalmente resolvi traduzir em números esse esforço. Em termos monetários ficou fácil a demonstração. 

Em termos de dedicação pessoal, fica mais difícil dimensionar pois teria que computar o total de horas gastas na produção de conteúdo, manutenção das redes sociais na internet, produção de cursos e eventos presenciais, participação em reuniões.

Num exercício conservador, poderia estimar em meia hora por dia dedicado a checar redes sociais e responder comentários e mais um valor ideal de vinte minutos diários gastos produzindo conteúdo e desenvolvendo eventos, cursos e participando de reuniões. No total algo em torno de 300 horas por ano poderiam ser destinadas à Agronomia e suas redes sociais. Talvez fosse mais, talvez menos. Mas, para fins de estimativa, se eu atribuísse o valor de R$ 200,00 para minha hora de trabalho, essa militância seria traduzida em um esforço aproximado de R$ 60.000,00.

Qual o tamanho do voluntariado na Agronomia?

Como ultimamente tenho recebido eventuais retornos de que a militância da categoria, além da criação e manutenção da Rede Agronomia, seria equiparado a um somatório nulo, afinal "o que de concreto foi produzido de ganho para Agronomia?", este balanço geral ajuda a evidenciar algumas ações e daria algum parâmetro para estimar o volume de trabalho despendido em nível nacional.

Assim, poderíamos elencar as atividades realizadas e as lutas travadas para a garantia de espaço e atribuições dos engenheiros agrônomos ao longo desse tempo. No caso da Rede Agronomia, elas aqui estão documentadas desde sua criação.

Mas ao final de 30 anos de atuação na organização profissional e 10 anos de manutenção da Rede Agronomia, permanece a dúvida se essas ações contribuíram para ampliar a participação de profissionais da defesa da profissão.  

Exibições: 92

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de Gilberto Fugimoto em 18 julho 2019 às 16:40

Maria Helena, Rodolfo e Juarez,

Obrigado pelas manifestações de apoio e reconhecimento!

Estive pensando que há 30 anos atuo pensando em ampliar a participação da categoria e encontrar novas maneiras de atuação profissional no mercado de trabalho. 

Acho que é a minha colaboração para a valorização profissional!

abração

Comentário de Juarez Morbini Lopes em 17 julho 2019 às 15:03

Prezado Gilberto.
Quero te parabenizar pelos 10 anos de Rede Agronomia, e mais que tudo dizer da sua importância na discussão de assuntos relativos à nossa profissão, sempre na defesa das atividades agronômicas continuamente atacada por outros segmentos que visam impedir nossa atuação, vide as ações impetradas por Zootecnistas, Biólogos, Arquitetos entre outros. Este canal de comunicação entre os profissionais é muito importante para manter viva a ação de colegas na defesa profissional. Sei das dificuldades para manter esta chama viva e coloco-me ao dispor do colega, inclusive para colaborar financeiramente para manutenção da plataforma. Creio que outros colegas tambem gostariam de colaborar. Mais uma vez meus parabens e apreço pelo belo trabalho que tens realizado.

Comentário de Rodolfo Geiser em 17 julho 2019 às 13:35

Gilberto, Você fez bem em escrever essa mensagem. Vou refletir. Não sei bem o que dizer. O que posso dizer é que eu mesmo atuo militando. Fiz isso a vida toda: uma pouco na AEASP, um pouco na SBP-, e assim fui indo e hoje estou colaborando como co-editor para o dossiê "O sagrado e o meio Ambiente" para a revista "Relicário" do Museu de Arte Sacra de Uberlândia,MG. E aqui em Bragança estão me 'convocando' para ajudar numa associação de produtores. Sei que cansa. Que 'toma' o tempo da gente. Que consome energia psíquica e emocional...Nisso tudo, também gastei um boa quantia em dinheiro, em especial na militancia de 'paisagismo'...

Comentário de Maria Helena de Araújo em 17 julho 2019 às 13:00

Reputo a Rede Agronomia um instrumento valioso de nossa categoria profissional. Parabéns Gilberto pelo seu pioneirismo a frente dessa importante Rede.

© 2019   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço