Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Caros amigos recebi a seguinte denúncia sobre a renovação do terço no CREA ES. Mais uma vez somos desrespeitados!

Essas denúncias precisam ser apuradas e corrigida!

 

Histórico:

 

Durante a Renovação do terço pelo CREA-ES em 2018, ocorreu manipulação nas vagas que eram da SEEA (Sociedade Espíritosantense de Engenheiros Agrônomos), tínhamos 03 vagas de Conselheiros titulares e 03 vagas de Conselheiros Suplentes.

 

A comissão de Renovação do terço tirou 02 vagas de Conselheiros titulares e respectivos Suplentes e distribuiu da seguinte forma:

 

1-  01 vaga ficou com a SEEA (Sociedade Espíritosantense de Engenheiros Agrônomos).

2-  01 vaga foi para o IFES.

3- 01 vaga foi para o SENGE-ES.

 

 

A vaga do SENGE-ES de Conselheiro Titular e Suplente foi publicada inicialmente para Engenheiros Agrônomos no Edital do SENGE e posteriormente foi publicada uma errata da seguinte forma 01 vaga para Engenheiro Agrônomo e Correlatos, foi aí que os Engenheiros Florestais fizeram as inscrições para Titular e Suplente, com base em um documento fornecido por 01 funcionários do CONFEA,  que nunca tomamos conhecimento e quando pedimos o documento oficialmente ao SENGE, o sindicato alegou que o documento havia sumido dentro do sede do mesmo.

 

Dia: 03/01/19 

Foi realizada a eleição para Conselheiros titulare e suplente, sendo que 17 eleitores nosso foram impedidos de votar, inclusive 01 Engenheiro Agrônomo aposentado que pelo nosso estatuto do sindicato, não precisa mais contribuir.

 

O SENGE disse que possui mais de 1500 associados na comissão do terço, no entanto na votação apenas 51 Eng votaram.

 

É representativo?????

 

O candidato Jorge L Silva alegou e fez constar em ata no início da plenária do SENGE, que não existia a vaga para Engenheiro Florestal e no final pediu para constar em ata também que a vaga para Engenheiro Florestal não existia, portanto Jorge Luiz Silva estava eleito, fato não acatado pelo Sindicato que enviou para o CREA ES, o nome do Engenheiro Florestal Lucas como eleito, só que enviou 01 documento como se Lucas fosse Eng Agrônomo, mais um erro.

 

A novela continua, qual o próximo capítulo??????

 

 

Obs: A Comissão de Renovação do terço aprovou a retirada de  02 vagas da SEEA (Sociedade Espíritosantense de Engenheiros Agrônomos) que foi aprovado pela plenária do CREA ES e  encaminhada para a Presidente do CREA ES, que enviou para a plenária do CONFEA em Brasília que referendou o ato do CREA ES.

 

A AGRONOMIA do ESTADO do ES, lamenta que em pleno ano de 2019, ainda ocorrem fatos dessa magnitude.

Só queremos que a legalidade permaneça sobre o casuísmo que estamos vivendo.

 

Obrigado

 

Saudações Agronômicas.

Exibições: 175

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de Gilberto Fugimoto em 19 janeiro 2019 às 10:35

Rita sobre isso a Diretoria da CONFAEAB tornou pública sua posição oficial 

Posicionamento da CONFAEAB sobre a representação do grupo Agronomia na Renovação do Plenário do CREA-ES


Em referência ao fato de que o SENGE-ES, instituição com assento no Plenário do
CREA-ES, indicou profissional para conselheiro no grupo Agronomia diverso daquele
solicitado pelo CREA-ES.


Considerando que o Plenário do CONFEA (Decisão PL n° 1.953/2018) confirmou a
Decisão da Comissão de Renovação e do próprio Plenário do CREA-ES.

Considerando que o SENGE-ES não cumpriu a instrução do Conselho Profissional
porque indicou profissional que não é Engenheiro Agrônomo.

Considerando o gravíssimo risco para a institucionalidade do Sistema Profissional
caso não seja cumprida a Decisão PL CONFEA de ocupar a vaga de Engenheiro
Agrônomo, conforme solicitado pelo CREA-ES, na atual renovação do terço no
Plenário do CREA-ES (com riscos para a própria regularidade do Regional).

A CONFAEAB manifesta a preocupação de restabelecimento da ordem institucional
mediante cumprimento da Decisão PL CONFEA n° 1.953/2018.

Brasília-DF, 19 de janeiro de 2019.

Atenciosamente,
Diretoria da CONFAEAB.

© 2019   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço