Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Senado aprova instituição de política nacional de ILPF

Senado aprova instituição de política nacional de ILPF

O Projeto de Lei que institui a Política Nacional de Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (iLPF) acaba de ser aprovado pela Comissão de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) do Senado Federal. Agora, o texto do substitutivo ao projeto (PLC 78/08), feito pelo relator senador Gilberto Goellner (DEM/MT), segue para votação na Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA).


O projeto foi aprovado na mesma semana em que o governo brasileiro apresenta o sistema à Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas em Copenhague como uma das formas de reduzir o desmatamento e recuperar áreas degradadas no País. A senadora Marina Silva (PV/AC), que votou a favor da instituição da política, lembrou o papel da pesquisa agropecuária na busca por soluções sustentáveis para o campo. “Um passo importante começa a ser dado no sentido de se delinear políticas de suporte ao agricultor na adoção do sistema”, avalia o agrônomo da Embrapa Transferência de Tecnologia (Brasília-DF), Luiz Carlos Balbino, que acompanhou a tramitação da matéria na comissão.


A recuperação de parte dos 50 milhões de hectares de pastagens em degradação existentes atualmente no Brasil, em médio e longo prazos, por meio de sistemas agrossilvipastoris, somente será possível com a adesão em massa do setor produtivo, aponta Balbino. Para o coordenador de projeto de transferência de tecnologia em iLPF, garantir acesso a crédito rural, conforme previsto no PL, será fundamental para o processo de convencimento dos produtores. Desde 2005, a Embrapa vem atuando na disseminação do sistema por meio da instalação de Unidades de Referência Tecnológica.


A articulação junto aos parlamentares da CMA para realização das audiências públicas que debateu este tema foi feita pela Assessoria de Relações Nacionais (ARN) da Embrapa. “Também atuamos junto aos senadores para que fosse aprovado o relatório da maneira como a Embrapa recomendou”, lembra a coordenadora de Articulação Política, Cynthia Cury, da ARN.


iLPF – A Integração Lavoura Pecuária Floresta (iLPF) é um sistema sustentável que se presta a propriedades rurais de pequeno a grande porte que maximiza a quantidade de produtos agrícolas e conserva os recursos do sistema. Isso é obtido por meio da integração das atividades agrícolas, pecuárias e florestais, fazendo com que convivam numa mesma área a partir da sincronização de suas etapas de produção, que se retroalimentam. O sistema busca efeitos sinérgicos entre os componentes do agroecossistema, contemplando a adequação ambiental, a valorização do homem e a viabilidade econômica. São quatro os tipos de sistemas de produção e seus componentes podem ou não estar presentes ao mesmo tempo: integração Lavoura-Pecuária, integração Lavoura-Pecuária-Floresta, integração Pecuária-Floresta e integração Lavoura-Floresta.


Texto: Valéria Costa – MTb. 15533/59/32 – SP
Contatos: 61 3448.4510; valeria.costa@embrapa.br

Exibições: 46

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço