Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Eng. Agr. JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO

jviana@openlink.com.br

(Esclarecendo que, no caso, PSA é a sigla de Prestadores de Serviços Ambientais)

.

A situação atual do saneamento básico no Brasil é tão precária que, para atingir a universalização dos serviços de água, esgoto e lixo, citando apenas os principais, só mesmo um mutirão cívico e recursos de um PAC específico. E muito trabalho.

.

Aqui no Rio fui vizinho do (finado) Deputado Álvaro Vale, presidente do Partido Liberal ou PL (aquele cuja vinheta era o trecho de uma sinfonia clássica, lembra-se ?) Pois bem. Uma iniciativa que eu admirava nesse partido, era uma escolinha para formação de políticos. Foi ela que me inspirou essa idéia.

.

As obras de saneamento básico, me parece, são exclusividade do estado; da Companhia Estadual de Águas e Esgotos - CEDAE, aqui na cidade maravilhosa. Uma vez constatada a necessidade da(s) obra(s), havendo recursos (e vontade política), procede-se a uma licitação para a contratação dos serviços. Não sei se ainda é assim. Feita a concorrência pública e havendo empresas de consultoria habilitadas (a maioria foi extinta na década perdida de 80, por falta de serviços), a vencedora reunia os seus engenheiros e começava a novela para a elaboração do projeto, com alguns capítulos que listo abaixo:

a)     reunião de plantas na escala conveniente;

b)     consulta ao IBGE para atualizar dados populacionais;

c)      consulta a relatórios técnicos anteriores para embasar o atual;

d)     complementação, em campo, dos dados faltantes e necessários;

e)     traçado da rede e alimentação do software para dimensionar a rede;

f)       relatório de Projeto Básico que, se aprovado, evolução para o Executivo; e

g)     outros. Depois é que vinha a execução da obra, por outra firma.

.

Sinceramente, com essa burocracia toda, não sei se algum dia chegaremos ao 1o. mundo. Também não sei até que ponto a Prefeitura pode solicitar a implantação de uma obra de saneamento, que não esteja nos planos da Companhia Estadual. Mais difícil ainda, ao meu ver, é o cidadão comum convencer a Prefeitura a gastar os seus minguados recursos numa obra que não dá votos. Por outro lado, parece impossível esse mesmo cidadão fazer algo de concreto e de vulto para a sua comunidade, sem o empurrão de um político. Aí entram os Partidos. Em princípio, o mais habilitado, no caso, é o Partido Verde – PV. Por razões óbvias.

.

A ESCOLINHA

A meta seria capacitar e instrumentalizar engenheiros, geógrafos, biólogos e pessoal de nível médio. O material didático seria reunido após reuniões com os maiores especialistas, órgãos como o Programa de Pesquisas em Saneamento Básico – PROSAB, de modo a padroniza-lo.

.

Entre os softwares, daríamos prioridade ao TerraView 3.6.0 do INPE e o Sistema Automático de Cálculo de Rede de Esgotos Sanitários – CEsg da Universidade Federal do Ceará. Os professores e instrutores, poderiam ser recrutados (e depois, devidamente capacitados) nas Escolas de Engenharia Civil, de Engenharia Ambiental, Escolas de Geografia e de Biologia. E outras (como o SENAI, p.ex.).

.

Para enriquecer o conteúdo das aulas práticas (o TCC, obrigatoriamente, deveria ser o projeto completo de uma obra de saneamento), a coordenação do curso poderia contatar os fabricantes de materiais (pisos permeáveis, p.ex.) e equipamentos (rotores para ETEs tipo valo de oxidação, p.ex.), para doações, em troca de favores fiscais ou merchandizing.

.

A remuneração dos técnicos e auxiliares, seria compatível com a importância da obra, e sempre superior à de mercado, para atrair os profissionais interessados.

.

Esse é só o esboço de uma idéia. Você gostaria de acrescentar alguma azeitona nessa empada ? Participe, pois a nossa omissão será julgada pela história, pode ter certeza. Ou continuará “deitado eternamente em berço esplêndido” (como canta o nosso hino). Você quer isso ?

Exibições: 116

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de Josiane Lopes em 15 fevereiro 2011 às 13:23

Realmente muito interessante a idéia. Simples e objetiva, como muitas outras coisas poderiam ser neste país.

Parabéns pela iniciativa.

Abraços,

Comentário de Gilberto Fugimoto em 15 fevereiro 2011 às 10:24

Prezado José Luiz,

Uma excelente ideia e iniciativa!

Algo a ser articulado e construído por várias mãos em Rede!

Grande abraço

© 2019   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço