destinada a todos interessado em produzir +
195 Members

Para adicionar comentários, você deve ser membro de Rede Agronomia.

Os comentários estão fechados.

Comentários

  • AGRICULTURA DE PRECISÃO NA DISTRIBUIÇÃO DE CORRETIVOS E FERTILIZANTES

    Curso Gratuito EAD SENAR

    Matrículas até 02 de maio 2018

    Maiores informações:

    http://ead.senar.org.br/cursos/agricultura-de-precisao/

  • Boa Tarde Galera, alguem tiver algum material sobre sensoriamento remoto que possa compartilhar, favor me enviar, bruno_don@live.com

  • Gostaria de saber se alguém sabe o valor que está sendo cobrado para a elaboração de um mapa de fertilidade do solo. Se alguém puder me informar eu agradeceria muito. Só para especificar o trabalho envolveria: Coleta georreferenciada em grid, interpretação dos resultados, geração do mapa de fertilidade e recomendação. Outra dúvida, no valor por ha já está incluído o preço da análise de solo?

  • HÁ MUITO TEMPO ESTÃO SEM NOVIDADES PARA DISCUSSÃO. SERÁ QUE A AGRICULTURA DE PRECISÃO PAROU DE AVANÇAR?????

  • Amigos, conheçam a Ostera Tecnologia, somos fabricante nacional de GPS Agrícola e Controladores de Taxa Variável para Agricultura de Precisão.
    Curtam nossa página no Facebook:
    www.facebook.com/osterabrasil

    1490358072?profile=RESIZE_1024x1024

  • Tecnologia que usa pó de rocha como fertilizante é alternativa para recuperação de solos degradados

    Projeto Piloto será Implementado em Campo no Perímetro de Irrigação Baixio de Irecê (BA) .
    O uso de rochas moídas, conjuntamente com adições de máteria orgãnica por adubação verde, inoculação de sementes por microorganismos para fixação de nitrogênio, uso de rejeitos de indústria(escórias),e  como alternativa aos fertilizantes químicos solúveis foi tema do workshop sobre Rochagem na sede da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), em Brasília, nesta quinta-feira (9). A tecnologia, que já é uma realidade em muitos sistemas de produção agrícola sustentável, em especial entre agricultores familiares do sul do Brasil, está em conformidade com os princípios agroecológicos e serve como uma opção viável de recuperação de solos tropicais degradados.

    O evento promoveu uma discussão – entre técnicos da Codevasf, da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM) – Serviço Geológico do Brasil, da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e da Universidade de Brasília (UnB) – sobre a tecnologia de rochagem, as possibilidades de aplicação no âmbito das ações da Codevasf e as perceptivas de elaboração de um projeto piloto em conjunto.

    “A ideia é agregar ao agricultor familiar uma matéria-prima que seja de baixo custo e disponível na região próxima à área de produção, eliminando a dependência desses agricultores dos fertilizantes, que são em sua maioria importados¨", o Brasil exporta 80 a 90% do nitrogênio e 70 a 80% do Potassio, afirma o assessor da presidência da Companhia, Stênio Petrovich.

    Segundo o assessor, o projeto piloto, ainda em fase de formatação, será multidisciplinar e contará com a expertise dos órgãos envolvidos – a geologia, a cargo da CPRM; os experimentos agronômicos, da Embrapa; a pesquisa de laboratório mineral, da UnB; e a disponibilização da área e do pessoal para aplicar a técnica na ponta, da Codevasf. “A região escolhida para aplicar esse projeto piloto com os agricultores foi uma parte do perímetro de irrigação Baixio de Irecê (BA) com pouca fertilidade, que são as areias do rio São Francisco”.

    Rochagem - Pode ser entendida como um processo de rejuvenescimento ou remineralização do solo, mediante a adição de pó de rocha (ou seus subprodutos), desde que contenha quantidades consideráveis de macro e micronutrientes necessários ao pleno desenvolvimento das plantas.


    “As rochas têm molibdênio, cobre, vanádio, sílica, uma série de outros elementos que, mesmo em pequenas quantidades, são importantes. A banana e o mamão dependem muito de potássio, já o morango depende muito do molibdênio”, exemplifica Magda Bergmann.

    O reconhecimento e o interesse despertado por essa prática tem crescido em função de resultados obtidos por várias instituições de pesquisa e fomento – CPRM, Embrapa, UnB, entre outras – que confirmam os resultados promissores obtidos em diversos testes e áreas demonstrativas, em substituição ou complementação aos fertilizantes convencionais. Mas a geóloga ressalta que não se pode moer qualquer rocha para usar na produção de alimentos. “Essas rochas devem ter uma certificação de que não possuem elementos nocivos à saúde e que realmente contribuem para a nutrição da planta”, diz.

     

    A CETEM está estudando APLs-Arranjos Produtivos locais, no raio de 100Km da cidade de Irecê-Bahia, para exploração dos agrominerais por pequenas e médias Britadoras.

  • sr igor madruga mande um email para marciorickli@yahoo.com.br que ele trabalha com essa tecnologia abraços

    paulo ricardo rickli

  • Melhor GPS Custo benéfico!

    Qual o melhor GPS para utilizar no dia dia de um engenheiro agrônomo

    Eu andei pesquisando pq estou sentindo falta de um para mim

    Eu preciso de um para mensurar áreas de uma lavoura

    Localizar uma propriedade

    Esses tipos de coisa

    Eu estou entre o Garmin eTrex® 20 e o eTrex® 10 mais n sei se esses são os melhores 

    o que vcs axão 

  • estou mais preocupado com a capacidade do solo em armazenar nutriente pois sem aumentar essa propriedade é difícil aumentar a produção das culturas pois chegaremos a um limite. pela caracteristica do solo por si aparentemente é impossível vc aumentar a fertilidade do solo , mas se vc aumentar a matéria orgãnica dele isso começa a fazer sentido no potencial que ela tem em armazenar água e nutrientes na sua suprfície, além de melhorar a estrutura do solo, devido ao alto potencial de agregação do ádidos orgãnigos produzidos pela decomposição biológica das palhas depositadas na superfície, mas isso depende dos microorganismos que fazem essse trabalho acelerando esse processo e pelo microorganismos simbiontes que fazem associações com as culturas no seu sistema radicular, que também aumentam a matéria orgãnica do solo. esses sim aumentam a ffertilidade do solo pelo aumento da matéria orgãnica que tem influência na CTC do solo.

This reply was deleted.

QUANTO CUSTA????????????

Gostaria de saber se alguém sabe o valor que está sendo cobrado para a elaboração de um mapa de fertilidade do solo. Se alguém puder me informar eu agradeceria muito. Só para especificar o trabalho envolveria: Coleta georreferenciada em grid, interpretação dos resultados, geração do mapa de fertilidade e recomendação. Outra dúvida, no valor por ha já está incluído o preço da análise de solo?

Saiba mais…
2 respostas

Estágio

       Saudações meus caros colegas        Estou em processo de conclusão de minha pós graduação em georreferenciamento e tenho muito interesse de fazer meu TCC abordando algo relacionado a Agr. de Precisão.      Daí quem tiver o contato de alguma empresa q esteja disposta a me dar essa oportunidade basta entrar em contato.    Agradeço desde já a força dada Telefones: (069)81208484 - Tim                 (069) 84296960 - oi email: santos_e_c@hotmail.com

Saiba mais…
1 resposta