Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

Todos os profissionais de agronomia sabem, que o crédito rural, é uma das atividades que demanda muitos profissionais, mas atualmente vemos inúmeras instituições financeiras (não precisamos nominar nenhuma) realizando operações sem a intervenção de um profissional de assistência técnica.

Em poucos estados os CREAs realizam uma fiscalização efetiva sobre isso.

Como podemos mudar essa postura do Conselho profissional?

Exibições: 384

Respostas a este tópico

Acredito que somente a união entre os profissionais e o CREA pode mudar essa realidade, pois hoje muitas empresas não tem relação alguma com o CREA, ou seja, pagam apenas a anuidade. Deveria haver uma via de mão dupla, onde as empresas recolhessem as ARTs e em contrapartida o CREA tomaria um partido sobre as fiscalizações das operações de crédito rural.  


Flávio, como estamos procurando fazer. A partir do momento que o CREA entender a importância do ramo agronomia, tanto para a sociedade, como para o Conselho, até como fonte de arrecadação, aí começará a ocorrer uma maior fiscalização.


Flávio Luiz Botaro disse:

Acredito que somente a união entre os profissionais e o CREA pode mudar essa realidade, pois hoje muitas empresas não tem relação alguma com o CREA, ou seja, pagam apenas a anuidade. Deveria haver uma via de mão dupla, onde as empresas recolhessem as ARTs e em contrapartida o CREA tomaria um partido sobre as fiscalizações das operações de crédito rural.  

Boa tarde,

Acho os CREAs muito passivo nesta área. Não tomam nenhuma ação para resolver esta questão!!!

Estive conversando com um gerente de contas de uma instituição bancária, e comentei que acredito que todas as linhas de crédito para produtor rural, que tenham os juros subsidiado de alguma forma, mesmo que pela instituição, deveria ter o projeto e acompanhamento de um Agronomo. 

Isso iria contribuir fortemente para a redução do risco da operação e também da inadimplencia. Não garante 100%, mas acredito que melhoraria muito, pois o produtor pensaria 2-3x antes de fazer a operação. Também diminuiria de certa forma a carga sobre os gerentes das agências.

Acredito que um trabalho de aproximação e conscientização do CREA com as instituições bancárias poderiam trazer algum retorno nesta questão.
Participei de uma Live esse ano com novas instituições de crédito que estão entrando no crédito rural e estas inclusive estão pedindo os projetos e cadastro de produtores feitos por ASTECs.

RSS

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço