Rede Agronomia

Rede dos Engenheiros Agrônomos do Brasil

O Urbanismo Rural foi uma teoria aplicada na colonização da Amazônia ao longo da Rodovia Transamazônica entre os anos de 1970 a 1974.  (1)

O desenvolvimento das agrovilas tem sido pouco documentado. É difícil encontrar informações gráficas sobre planejamentos ou estudos urbano-arquitetônicos que deem conta das características dessas.  (2)

Nesse blog (fruto de pesquisas realizadas no Google), pretendemos reunir alguns dados e informações que permitam ao Engenheiro Agrônomo colaborar com Arquitetos e outros profissionais do campo, novos projetos de assentamentos rurais.

Comecemos listando algumas necessidades básicas que são requisitos nesse planejamento.

Escolha do local

O primeiro passo para a criação de um povoado ou de uma pequena cidade, é a escolha do local onde será implantada e, nesses casos, duas características são fundamentais: facilidade de acesso e proximidade de fonte para abastecimento de água potável. No caso da Colonização da Rodovia Transamazônica, como a água não é problema, prevaleceu o acesso.

Identifique e avalie os padrões de desenvolvimento rural, semi-rural ou de vila existentes e estilos arquitetônicos ao projetar um desenvolvimento residencial. Da escolha desse padrão, vai resultar um parâmetro urbanístico muito importante, que é a densidade demográfica, ou o número de habitantes por hectare ou por quilômetro quadrado.

Distâncias a percorrer

A Figura abaixo sugere que no planejamento da cidade e no traçado das vias, se leve em conta a distância percorrida por um homem a pé (1,6 km em 20 min) e de bicicleta (1,6 km em 6 min). Para distância superior a 2 km, devemos prever pontos de ônibus.

Vias de acesso

O traçado das estradas e vias de acesso às residências e outros equipamentos urbanos é a base do planejamento urbanístico e vai influir no padrão de desenvolvimento citado anteriormente. Os múltiplos acessos às residências aumenta bastante a extensão das vias e o isolamento social.

Loteamento

Outras informações sobre Urbanismo Rural, Assentamentos Rurais e Agrovilas, no meu blog MINHA CASA NO CAMPO, de 2014. (3)

REF.:

[1] URBANISMO RURAL, UMA UTOPIA NÃO REALIZADA, Atena Editora.

https://www.atenaeditora.com.br/post-artigo/12753

[2] Residência pré-fabricada de argamassa armada como unidade básica de agrovila, Lina M.G. Garcia, UFV, Viçosa – MG, 2012.

http://arquivo.ufv.br/dea/ambiagro/gallery/publicações/teselinams.pdf

[3] MINHA CASA NO CAMPO, José Luiz Viana do Couto, Rede Agronomia, 2014.

https://agronomos.ning.com/profiles/blogs/minha-casa-no-campo

Exibições: 144

Comentar

Você precisa ser um membro de Rede Agronomia para adicionar comentários!

Entrar em Rede Agronomia

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 12 maio 2021 às 9:23

A BELEZA DE MORAR NA ROÇA

Não é só a cidade grande que, com as suas facilidades, torna a nossa vida mais agradável. Abaixo, mostro dois links (aqui mesmo da Rede Agronomia) que realçam este fato: um sobre Turismo Rural e outro sobre Paisagismo Rural.

http://agronomos.ning.com/profiles/blogs/agronomia-e-paisagismo

http://agronomos.ning.com/profiles/blogs/turismo-rural

Boa leitura.

Comentário de JOSÉ LUIZ VIANA DO COUTO em 10 maio 2021 às 18:53

INFRAESTRUTURA URBANA

A evolução da cidade corresponde a modificações quantitativas e qualitativas na gama de atividades urbanas e, consequentemente, surge a necessidade de adaptação tanto dos espaços necessários a essas atividades, como da acessibilidade desses espaços, e da própria infra-estrutura que a eles serve. (1)

Assim, a localização das atividades urbanas procura levar em consideração, no caso de áreas residenciais, as necessidades quanto a equipamentos sociais urbanos: creches, clubes sociais, centros de ações sociais, centro médico, hospitais, centros culturais, escolas, entre outros.

Infra-estrutura urbana pode ser conceituada como um sistema técnico de equipamentos e serviços necessários ao desenvolvimento das funções urbanas, podendo estas funções ser vistas sob os aspectos social, econômico e institucional. Sob o aspecto social a infra-estrutura urbana visa promover adequadas condições de moradia, trabalho, saúde, educação, lazer e segurança. No que se refere ao aspecto econômico a infra-estrutura urbana deve propiciar o desenvolvimento das atividades produtivas, isto é, a produção e comercialização de bens e serviços. E sob o aspecto institucional entende-se que a infra-estrutura urbana deva propiciar os meios necessários ao desenvolvimento das atividades político-administrativas, entre os quais se inclui a gerência da própria cidade.

A infra-estrutura urbana nem sempre se restringe aos limites da cidade, devendo estar interligada a sistemas maiores. Exemplos disto são alguns sistemas de abastecimento de água, os sistemas de transporte, os sistemas de produção e distribuição de energia elétrica, que são nacionais e os sistemas de telecomunicações.

Classificação

A classificação a seguir reflete a visão de como a cidade funciona e todos os subsistemas técnicos a seguir relacionados são denominados, no seu conjunto, de sistemas de infra-estrutura urbana:

a) Subsistema Viário: consiste nas vias urbanas,

b) Subsistema de Drenagem Pluvial,

c) Subsistema de Abastecimento de Água,

d) Subsistema de Esgotos Sanitários,

e) Subsistema Energético; Subsistema de Comunicações.

Como pode ser visto na Figura abaixo, excetuando as ruas/estradas, energia e comunicações, os principais subsistemas urbanos estão relacionados ao Saneamento Básico.

Densidade urbana

Densidade urbana (número de habitantes por área) é um tema que permanece altamente polêmico, pois influi em inúmeros aspectos da vida da cidade, com destaque para a qualidade de vida urbana. A Figura abaixo mostra alguns resultados previsíveis de ocorrência com o aumento da densidade urbana.

A Figura abaixo mostra dois gráficos relacionando a impermeabilização do solo com o aumento da densidade urbana, o que acarreta problemas de inundações.

REF.:

[1] Infra-estrutura Urbana, Angelis Neto, USP, São Paulo, 1997.

http://www.pcc.usp.br/files/text/publications/TT_00017.pdf

© 2021   Criado por Gilberto Fugimoto.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço