AGRO (4)

Dia do Engenheiro Agrônomo

Dia do Engenheiro Agrônomo

10637608098?profile=original

Confaeab e Rede Agronomia comemoram Dia do Engenheiro Agrônomo!

Neste dia a Rede Agronomia se soma à CONFAEAB - Confederação dos Engenheiros Agrônomos do Brasil, em comemoração ao Dia do Engenheiro Agrônomo.

A comemoração é uma alusão á data de publicação do Decreto nº 23.196 de 12 de outubro de 1933 que regulamenta a profissão de engenheiro agrônomo.

Parabéns a todos pelo seu dia!

Saiba mais…

Eu Demiti o Traficante

Demiti o Traficante!

10637597084?profile=original

Você acha que basta ter o diploma de engenheiro agrônomo e está pronto para trabalhar?

Na verdade, muito do trabalho desenvolvido consiste numa série de atividades, rotinas e decisões gerenciais para os quais não fomos devidamente formados.

Assim, ao procurar uma vaga de emprego de engenheiro agrônomo lembre-se que há muitos desafios para os quais a formação técnica não alcança.


Essa história aconteceu comigo e eu tive que gerenciar uma situação de risco real para o qual eu não estava preparado como recém formado.


Isso mostra que o Mercado de Trabalho em agronomia e ciências agrárias apresenta demanda para engenheiro agrônomo que tenha atuação profissional versátil com bom senso e capacidade de decisão.

Por outro lado, há um mercado de trabalho que chega quase a ser um segredo de tão desconhecido da maioria dos profissionais. É um mercado pouco explorado porque não aprendemos a atuar em consultoria agronômica e não sabemos empreender.

Pensando nisso, criei o Método Agro Inovação.  Um treinamento inédito que ensina a trabalhar em consultoria agronômica, mostra o passo a passo na prática. Compartilhamos a experiência profissional de Gilberto Fugimoto e Amaury Ribeiro Costa, engenheiros agrônomos com mais de 30 anos de carreira.

Pra saber mais dessa história, veja em: https://youtu.be/Xl8bfqFFtTY

 

CONHEÇA O MÉTODO AGRO INOVAÇÃO:

http://gilbertofugimoto.com.br/agroinovacao/

Saiba mais…

Assistência Técnica Agronômica no Brasil

Agropecuária Brasileira tem Assistência Técnica?

Menos de 20% dos Estabelecimentos são Atendidos

10637563272?profile=original

Concluído o levantamento do Censo Agro 2017 pelo IBGE, alguns dados já estão publicados. Um dado que chama atenção é a cobertura de Assistência Técnica dos estabelecimentos agropecuários. 

É muito pior

No âmbito nacional menos de 20% (19,85%) dos estabelecimentos declararam receber orientação técnica no ano agrícola de 2017. Cabe esclarecer que os dados do Censo Agro são declaratórios e que o quesito orientação técnica não se limita a dimensionar o alcance de Assistência Técnica dedicada a orientar um produtor, mas considera tanto a visita de um extensionista como de um vendedor de insumos. 

Além disso a metodologia de coleta não considera a profundidade ou alcance dessa orientação técnica. Em resumo o Censo, respeitando a declaração do produtor, considera como um estabelecimento assistido mesmo aquele que recebeu visitas ou orientações de caráter genérico, mesmo sem considerar as especificidades ou demandas técnicas e de gestão da produção.

Assistência nas Regiões

A cobertura de Assistência Técnica não é homogênea nas diferentes regiões brasileiras. 

A Região Norte apresenta 10,4% de cobertura, enquanto a Região Nordeste apresenta a menor taxa com apenas 7,4% dos estabelecimentos atendidos. No outro extremo a Região Sul apresenta 48,6% de estabelecimentos atendidos. Sudeste apresenta 28,6% de cobertura enquanto o Centro Oeste, 23,5%.

Nos Estados

Os Estados brasileiros também apresentam grande variação de cobertura de Assistência Técnica aos estabelecimentos, conforme Tabela abaixo, que apresenta alguns dados:

10637567901?profile=original

Problema ou Oportunidade?

O panorama da cobertura de Assistência Técnica à Agropecuária brasileira nos propõe algumas reflexões importantes. 

É possível vislumbrar que Estados e União não parecem estimulados a reorganizar a Assistência e Extensão públicas nos moldes do passado. Assim, surgem dúvidas no horizonte próximo para agricultores familiares, especialmente aqueles que cultivam em pequena escala e que dependem de crédito e assistência públicos. Pode-se argumentar no entanto, que Assistência Técnica e Extensão Rural públicas já está escassos há tempos. Especialmente nos estados do Norte, Nordeste e Centro Oeste. Entretanto, a constatação não é uma resposta ao problema.

Por outro lado, a baixa cobertura antes de um problema na ótica da Agronomia, pode apontar para um potencial inexplorado de atuação do Engenheiro Agrônomo.

Precisa-se de 200 mil Engenheiros Agrônomos

O Censo Agro 2017 cadastrou 5,1 milhões de estabelecimentos no país. Numa conta um tanto simplória, mas que ilustra o potencial demanda para Assistência Técnica, se houvesse 1 engenheiro agrônomo para cada 25 estabelecimentos, seriam necessários 200 mil profissionais apenas para fornecer assistência técnica de qualidade à produção agropecuária nacional!

E você, está desempregado?

Saiba mais…

Rede Social do Agronegócio - tradincom

A mais completa ferramenta das Commodities Agrícolas da Internet.

A tradincom é uma Rede Social voltada para o mercado de Commodities Agrícolas. Um sistema de comunicação revolucionário criado no Brasil, por pessoas que vivem o mundo Agro, para todo o planeta. Dentro dessa rede social voltada exclusivamente para a área, onde todos os profissionais do mundo Agro, Produtores, agrônomos, pesquisadores, cooperativas, comerciantes de cereais, indústrias, traders, tradings, veterinários, profissionais de TI, gerentes de fazendas, jornalistas, consultores, corretores...
Ou seja, todos os que vivem o mundo da cadeia agrícola podem fazer um perfil, gratuito, e entrar para um mundo novo, um local dedicado ao seguimento dentro da maior fonte de conhecimento do mundo a grande INTERNET. 

O Eixo central entre a produção e a comercialização

O Elo tecnológico do mercado Agrícola.

Dentro da Rede Social do Agronegócio o usuário tem diversas ferramentas e vantagens.
Quando pensamos o porquê fazer parte de mais uma Rede Social?

Nós pensamos em oferecer utilidades, muitas utilidades, e apesar de ser uma pequena empresa 100% nacional e de pessoas que estão lutando para um mundo melhor. Não paramos de inovar, desde nosso lançamento em outubro do ano passado lançamos diversos implementos úteis aos que vivem o dia a dia do mundo do Agronegócio.

Na Rede Social o usuário utiliza-se das seguintes ferramentas:

Construindo um perfil...

A possibilidade de fazer a marca própria construindo um perfil com fotos e textos sobre seus conhecimentos, sua fazenda, suas técnicas e construir sua marca própria com exposição para o mundo todo, focando-se somente no seguimento agrícola.

Encontrar pessoas e trocar informações.

O usuário poderá encontrar outros que vivem o mundo das commodities agrícolas - todos os usuários são selecionados e tem a seriedade e o mesmo interesse -, pessoas do mundo todo, empresas de todo o território nacional e mundial, todos sob o mesmo foco. A Tradincom proporciona uma revolução na maneira em que nos comunicamos e no modo em que encontramos e somos encontrados de uma forma vertical no mundo das commodities agrícolas.

Imagens….

O mundo hoje tende a se resumir em imagens... Os usuários podem enviar imagens e compartilhar imagens de outros usuários que acharem interessantes. Imagine poder acompanhar o desenvolvimento do milho ou da soja ou de qualquer cultivar, sem um intermediário que possa manipular a situação, sem a mídia, mas sim a realidade de safra em qualquer lugar do planeta! Imagine poder ver um implemento novo mostrando sua real eficácia nos Estados Unidos, no Mato Grosso ou em qualquer lugar! É a informação clara e real, vindo de uma pessoa ou empresa real...

Grupos de discussão

Poder criar um tópico de discussão e ter a opinião de outros que tem o mesmo interesse, mas sempre um outro ponto de vista; os usuários podem trocar ideias e agregar mais e mais informações e tópicos dentro dessa área. Tudo o que envolve o profissionalismo dentro do mundo do Agronegócio, das Commodities agrícolas é e pode ser debatido dentro dessa ferramenta.

Cotações

Todos os participantes da Rede Social do Agronegócio podem ter acesso às principais cotações do mercado agrícola, como Bolsa de Chicago, Dólar, Prêmios nos principais portos do mundo. 

Grupos de Compras

Os usuários podem se unir para formar grupos e comprar o mesmo produto ganhando em escala, podendo aumentar o poder de barganha para comprar um produto do seu dia a dia.

Painel de Negócios

Os usuários podem testar um ambiente para colocar ofertas de sua produção e negociar via internet com compradores selecionados com garantia de segurança e facilidade nas suas operações de comercialização.

O futuro é agora, a principal cadeia de produção do mundo, o que envolve os alimentos, sempre mereceu um lugar dedicado na internet. Trazemos uma opção de inovar, de mudar os conceitos e as formas de se comunicar e trabalhar.

Aproveite o seu dia... Ganhe tempo e experiência.

Boa navegação...

Entre Aqui para um mundo novo...


http://www.slideshare.net/tradincom/rede-social-do-agronegcio-tradincom-13133159

Saiba mais…