ambiental (4)

CONFORTO AMBIENTAL PARA FRANGOS EM AVIÁRIOS

10637616462?profile=original

(Uso da Carta Solar em Galpão de Frangos)

Para se obter uma eficiência térmica dentro das instalações avícolas, é necessário se atentar a algumas variáveis, como umidade, radiação solar, velocidade do vento e produção de gases, que desempenham forte influência na produtividade e crescimento do animal. Sendo assim, um bom sistema de ventilação, sendo bem empregado pode ser determinante para a obtenção do microclima dentro da edificação (Santos et al., 2005).

Com o adensamento das aves, o conforto térmico dentro do aviário é mais preocupante, pois se sabe que cada ave gera calor em uma equivalência de potência de 20 W (watts), portanto um lote de 20 galinhas por metro quadrado equivale a 400 W (watts). (1)

As condições climáticas ideais para o crescimento normal dos frangos e para o melhor aproveitamento produtivo, de acordo com Englert (1982), é temperatura ideal entre os 15°C e 25°C e por isso devemos procurar sempre instalar a granja num lugar onde as temperaturas oscilem dentro desta faixa no maior número possível de dias em um ano. Igualmente, não queremos que a umidade relativa do ar ultrapasse os 70%, pois assim estaremos evitando problemas respiratórios nas aves. Locais onde ocorrem ventos fortes com frequência não são indicados para instalação de aviários, pois isto dificultaria o manejo da ventilação dentro do galpão, além de exigir instalações mais sólidas e resistentes.

10637616678?profile=original

Outro item a ser analisado é a intensidade da luz. Desde o início do século passado tem-se sugerido aumentar o número de horas-luz em locais de criação de aves poedeiras, para estimular, por meio de hormônios, o desenvolvimento e a maturação do processo reprodutor, aumentando a produção de ovos. A intensidade de luz para as aves é na ordem de 10 a 15 lúmens/m². É importante lembrar que uma iluminação acima de 22 lúmens/m² pode, contrariamente ao pretendido, deprimir o crescimento e provocar o canibalismo e, consequentemente, contusões na carcaça (Lana, 2000).

Portanto, verifica-se que a incidência de radiação solar direta está ligada ao aumento da temperatura; além disso, iluminação em demasia também é prejudicial às aves.

Segundo Lamberts (2004, p. 100) a contribuição de calor é de 63% para aberturas (janelas) e de 9% para fechamentos opacos (anteparos). (2)

Orientação ideal do galpão

Millen (1983) observa que a orientação Leste-Oeste é a desejável para nosso clima semi-tropital, porque protege contra ventos fortes vindos do Sudoeste, permitindo, além de ventilação suave, boa exposição ao sol nos meses de inverno.

Com relação aos ventos dominantes, a Embrapa sugere a seguinte orientação do aviário. (3)

10637616857?profile=original

Carta Solar de Bastos – SP

Conforme observado na carta solar a fachada (linha cinza, que vai de L a O) que mais sofre incidência solar é a fachada Norte da edificação, durante o período de 21 de Março à 23 de Setembro.

10637616696?profile=original

Os dados coletados pela estação meteorológica localizada no local de implantação da edificação, permitiu o desenvolvimento da rosa dos ventos através do software Green Building Studio. Verificou-se que a velocidade média do vento na cidade de Cascavel, com ventos moderados na maior parte do ano entre 9 e 17 Km/h, predominantemente é Nordeste sofrendo oscilação durante o ano.

Brise móvel

A utilização deste tipo de elemento arquitetônico na edificação é de grande importância; elas podem ser encontradas em duas formas (Figura abaixo), horizontais e verticais. As horizontais são as mais indicadas para as regiões do hemisfério norte e as verticais para as regiões do hemisfério sul. Podem ainda serem móveis, onde se adaptam às necessidades da obra e da insolação, ou fixas. Para o Brasil as mais recomendadas são as horizontais para as fachadas norte e verticais e horizontais para as fachadas noroeste e nordeste (Franco, 2018). (4)

10637617067?profile=original

Os bloqueadores solares ou brises-soleil, são muito eficientes no controle solar para dentro da edificação, auxiliando nas condições térmicas e minimizando as temperaturas ambientais, trazendo ainda benefícios acerca do ofuscamento e economia de energia. No mercado, podem ser encontrados vários modelos de bloqueadores solares, podendo estes serem fixos ou móveis e adaptando-se assim as necessidades de cada edificação (Silva, 2007).

Segundo Furtado et al., (2006), a faixa de conforto térmico para aves de corte está entre 18°C e 28°C e a incidência de luz é considerada como sendo de grande importância, uma vez que estas podem causar grandes influências no desenvolvimento das aves.

10637617273?profile=original

10637617479?profile=original

REF.:

[1] Metodologia em projeto de bloqueador de radiação solar (brises) com estrutura móvel pivotante para conforto ambiental em aviários, Angélica Costa, Universidade 9 de Julho, São Paulo – SP, 2009.

https://www.redalyc.org/pdf/810/81012760002.pdf

[2] LAMBERTS, R. Eficiência energética na arquitetura. 2ª. ed. São Paulo: Pró Livros, 2004.

[3] Ventilação na avicultura de corte, Embrapa, Concórdia-SC, 2000.

https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/58306/1/doc63.pdf

[4] ESTRATÉGIAS DA ARQUITETURA BIOCLIMÁTICA PARA O CONFORTO DOS ANIMAIS EM AVIÁRIOS DE CORTE E A ECONOMIA DE ENERGIA, Denise Martinhago, UTFPR, Medianeira, 2020.

http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/25459/1/arquiteturabioclimaticaaviarioscorte.pdf

Saiba mais…

Rio Doce, a Morte de um Rio

Em novembro, já havíamos postado um blog sobre o maior desastre ambiental da história, em Doce Lama Não Venha Ser Também. Agora visitamos o Rio Doce em Ipatinga e compartilhamos com a Rede Agronomia, as imagens.

10637520463?profile=original

Uma panorâmica do Rio Doce. Longos bancos de areia surgem pela falta de chuva

10637520876?profile=original

Água vermelha a não ter fim, parece cozinhar com o sol refletido

10637521862?profile=original

Na margem do rio, achei que era pedra....

10637521698?profile=original

... mas quando pisei, era uma lama gelatinosa cinzenta!

10637522476?profile=original

Além de vermelho, o rio ainda seco!

10637522698?profile=original

O rio, vermelho, tinge as margens e parece colorir tudo em volta

10637523263?profile=original

Além do rio, o Ficus, às suas margens, maltratado pelo fogo. Crueldade!

Saiba mais…