curso (11)

Encontro Brasileiro de Entidades da Agronomia

CONFAEAB Promove Encontro Coordenadores Curso de Agronomia

10637594491?profile=original

Um encontro inédito na Agronomia Nacional e em plena pandemia, mas com todos os protocolos de higiene, distanciamento e taxa de lotação reduzida, a CONFAEB promoveu o Encontro de Coordenadores de Curso de Agronomia em Curitiba, PR, em 18 a 20 de novembro último.

O evento contou com o patrocínio do Confea e teve apoio da Mútua, do Crea-PR e da Federação dos Engenheiros Agrônomos do Paraná (FEA-PR).

O Encontro tratou de diversos temas como:

  1. EAD na Agronomia, Certificação Profissional,
  2. TCC Inovador,
  3. Fazenda Experimental e Dias de Campo,
  4. Experiências de Internacionalização do Ensino da Agronomia,
  5. Qualidade no Ensino da Agronomia,
  6. Entidades de Classe,
  7. Atribuições e Formação Profissional,
  8. Programa de Residência Profissional e Agrícola do MAPA.

Ao final uma Mesa Redonda promoveu debate entre os presentes e a CONFAEAB obteve da grande maioria do público presente apoio para representar as grandes questões da formação e exercício profissional.

10637595096?profile=original

 

Conclusões
Entre as conclusões promovida pelo debate na Mesa Redonda foram acordadas as seguintes propostas:

•    criação de um grupo permanente no Wattzap reunindo os Coordenadores de Cursos  de Agronomia;
•     definição de um espaço/ fórum de Coordenadores no CBA 2021;
•     tratativas com MEC, CNE e Confea, visando inserir a Confaeab nas decisões relacionadas ao ensino de Agronomia no Brasil (cadastramento, recadastramento, registro cursos, qualidade dos Cursos); 
•    estabelecer quais os conteúdos legais (decretos, leis, DCN) essenciais a serem trabalhados presencialmente – considerando também posicionamento de manter as atuais DCN estabelecidas por meio da Resolução CNE n º 1/2006;
•     analisar a viabilidade da implantação do Programa de Certificação Profissional na Agronomia;  
•    encaminhar às Câmaras de Agronomia destaque para   o Decreto 23.196/33 como referência na análise de concessão de atribuições (além da análise do projeto político pedagógico);
•     estimular parcerias dos cursos de Agronomia com organizações (entidades de classe, empresas e conselho profissional), visando fortalecer ações de ensino-pesquisa-extensão na formação profissional da agronomia e trabalhar junto ao Confea sobre a escolha dos pareceristas sobre análise de demanda de novos cursos de Agronomia.

Saiba mais…

Rede Agronomia 10 Anos Mais Realizações 1

Mais Cursos na Rede Agronomia 

Foram vários os cursos e eventos apoiados e divulgados na Rede Agronomia. Além das dezenas de eventos incluídos na Seção Eventos da Rede Agronomia, divulgamos os Cursos de Gramados Esportivos, do Curso de Atualização em Classificação de Solos, do Curso de Fertilidade do Solo Aplicado ao Manual de Calagem e Adubação. 

10637492061?profile=original

Realizamos o Simpósio do Ano Internacional dos Solos no Rio de Janeiro, em julho de 2015, que teve como propostas: Promover o debate, disseminar informações e orientações técnicas sobre o Estudo dos Solos e o seu Uso Sustentável, evidenciando a sua importância para a sociedade; e Fomentar as discussões técnicas-científicas junto aos profissionais (especialmente do Sistema Confea/Crea) e tomadores de decisão sobre o solo, sua conservação e recuperação.

10637490493?profile=original

Em maio de 2016 realizamos o Simpósio do Ano Internacional das Leguminosas em comemoração ao ano instituído pela FAO, que aconteceu no Campus da UFRRJ em Campos dos Goytacazes, RJ. Dessa vez uma realização AEARJ em parceria com SEEA - Sociedade Espiritossantense de Engenheiros Agrônomos. 

10637576277?profile=original

Auditório de abertura do Simpósio

10637533082?profile=originalMesa de abertura do Simpósio com a Reitora da UFRRJ, presidente da AEARJ e representante da FAO

10637576294?profile=original

Alunos de Agronomia da UFRRJ presentes ao Simpósio

O Curso de Licenciamento Ambiental aconteceu em novembro de 2016 no Campus de Seropédica da UFRRJ e foi ministrado pelos engenheiros agrônomos Felipe Brasil e Gilberto Fugimoto. 

10637529468?profile=original

Felipe Brasil ministrando a primeira parte do Curso de Licenciamento Ambiental

10637529867?profile=original

Gilberto Fugimoto ministrando a 2ª parte do Curso de Licenciamento Ambiental

Há vários anos tentamos, e só em agosto de 2017 conseguimos realizar o Curso de Crédito Rural , que na sua Primeira Etapa, ofereceu aos participantes um treinamento de qualidade e atual sobre os aspectos legais, técnicos e operacionais que englobam o Sistema Nacional do Crédito Rural (SNCR) e na Segunda Etapa trabalhou o diagnóstico da unidade de produção (cadastro, levantamento patrimonial e aspectos técnicos da avaliação do imóvel rural) e a identificação das necessidades e carências do produtor rural, que serão exercitadas via elaboração de propostas simplificadas e custeio e investimento.

10637547884?profile=original

Presidente da AEARJ com os instrutores do curso: Célia Alves Ferreira e eng agro Luciano Gonçalves Lima, ambos do Banco do Brasil.

10637555463?profile=original

Alunos do curso de Crédito Rural

E agora?

Continuamos na atividade! O Curso de Gramados Esportivos 2019 já está em fase de divulgação e deverá acontecer em maio! 

Saiba mais…

Rede Agronomia 10 Anos Realizações

10 anos de Cursos e Eventos para a Agronomia

Ao longo de 10 anos a Rede Agronomia produziu eventos que ajudaram a unir a categoria, complementar a formação e melhorar o desempenho profissional.

O caso mais emblemático é o Curso de Gramados Esportivos. A ideia surgiu justamente a partir da Rede Agronomia. Já em 2010, fomentado pelo colega Artur Melo, que vim a conhecer através da Rede, criamos o 1º Curso de Gramados Esportivos

10637400896?profile=original

De lá pra cá, já foram 5 Cursos de Gramados Esportivos, em  2012, 2014, 205 e 2017. O próximo está programado ainda para este ano de 2019

Também apoiamos e divulgamos a realização do AGROSUDESTE, Encontro Regional de Engenheiros Agrônomos da Região SUDESTE, ocorrido em 2014. O objetivo do Encontro era: Fomentar as discussões técnico-científicas junto aos profissionais registrados no Sistema Confea/Crea e estudantes, assim como discutir a produção de alimentos e o uso massivo de agrotóxicos, cujo processo produtivo está cada vez mais dependente dos agrotóxicos e fertilizantes químicos.

Outra demanda importante foi o I Curso de Atualização em Classificação Brasileira de Solos.ocorrido em 2012. Provavelmente um Curso que ainda tem demanda importante, pois profissionais formados há mais tempo (como eu) foram apresentados a um Sistema de Classificação que já não vigora. Assim, realizamos AEARJ, uma parceria com a Embrapa Solos e realizamos o curso com aulas práticas em laboratório e aulas de campo.

Sua realização foi destaque na Revista do CREA-RJ.

10637441086?profile=original

Matéria na Revista do Crea-RJ

10637430690?profile=original

Registro da turma do Curso de Atualização em Classificação de Solos em frente à Embrapa Solos

A Rede Agronomia apoiou e divulgou também o I Curso de Fertilidade do Solo Aplicado ao Manual de Calagem e Adubação do Rio de Janeiro. O Curso realizado pela AEARJ, a Embrapa Agrobiologia, a Embrapa Solos, a Secretaria de Estado de Agricultura e Pecuária - SEAP, a Emater Rio com apoio do Programa Rio Rural. 

Ocorreram 3 edições do curso em 2014:  a primeira em agosto na UFRRJ; a segunda ao final de setembro em Vassouras e a terceira no meio de novembro em Campos dos Goytacazes.

10637476869?profile=original

Curso realizado no auditório da Universidade Severino Sombra no Município de Vassouras - RJ

Também apoiamos e documentamos o debate realizado pela AEARJ sobre o Código Florestal antes mesmo de sua aprovação no Congresso Nacional, em Agronomia debate Código Florestal. em setembro de 2010.

10637399495?profile=original

Ainda não acabou, ainda há muitos cursos e eventos a serem relembrados, mas para não alongarmos demais este blog, melhor concluirmos por aqui. 

O que faltou?

Faltou as demais Associações de Engenheiros Agrônomos divulgarem cursos e eventos na Rede Agronomia que terão o mesmo apoio e divulgação que a AEARJ.

Saiba mais…

Abertura do Curso de Gramados

Abertura do Curso de Gramados Esportivos 

Abertura do Curso Gramados Esportivos aconteceu ontem no auditório da Embrapa Solos no Jardim Botânico. São cerca de 52 alunos inscritos no Curso. A mesa de abertura contou com Enio Fraga da Silva, representando a Embrapa Solos, Leonel Rocha Lima, presidente da AEARJ, Agostinho Guerreiro, presidente do CREA-RJ e Paulo Antonio, da ABGE.

10637473886?profile=original

Mesa de abertura do Curso de Gramados

10637474685?profile=original

                                               Público inscrito no Curso de Gramados

Saiba mais…

A terceira semana do curso de Atualização em Classificação Brasileira de Solos os alunos contaram com aula de campo para identificação de perfis de solo.

10637444680?profile=original10637444491?profile=original

Identificando o primeiro perfil do dia

A aula de campo aconteceu no município de Tanguá a 70 Km do Rio de Janeiro. A organização do curso disponibilizou um ônibus com ar condicionado, água, lanche e até água de coco no local. O professor do curso, engenheiro agrônomo Ênio Fraga da Silva sorteou ainda chapéus da Embrapa / Sinpaf aos alunos.

 

10637435878?profile=original

10637445652?profile=original

Os alunos participaram ativamente da fases de identificação dos requisitos dos solos mesmo com o sol que se fazia presente no dia.

10637445882?profile=original

Amostras de diferentes camadas e horizontes sendo analisadas

10637446097?profile=original

10637446496?profile=original

A prática de campo contou com o auxílio luxuoso do engenheiros agrônomos especialistas em solos Osório, José Ronaldo e Aldoildo.

10637447458?profile=original

Uma pausa para feira: as laranjas seletas de Itaboraí, uma marca da região.

Saiba mais…

Curso de Solos um Balanço

O Curso de Atualização em Classificação Brasileira de Solos realizado pela AEARJ, Embrapa Solos e CREA-RJ, terminou neste sábado, 20 de outubro.

10637430690?profile=original

No último dia de aula, a foto dos participantes na entrada da Embrapa Solos. 

Iniciado em 21 de setembro, o curso contou como alunos, profissionais de diferentes formações: engenheiros agrônomos, geólogos, geógrafos e engenheiros civis. Foram quatro finais de semana (sextas e sábados) falando sobre solos, fatores de formação, mineralogia e as diferentes classificações de solos.

10637432062?profile=original

10637432259?profile=original

 

É verdade que a última sexta-feira a motivação da aula foi um tanto dificultada pela Carminha e pela dúvida de quem matou o Max, mas conseguimos enfrentar e superar essas dificuldades não sem algumas abstenções!

 

Aula prática

Durante esse período contamos com aula prática para identificação das características físicas do solos: textura, estrutura, cor. Uma oportunidade para sujar as mãos!

10637432678?profile=original

10637433284?profile=original

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 Aula prática para identificação das características físicas dos solos

10637433493?profile=original 10637434070?profile=original

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Lanches

Os intervalos de lanche eram oportunidades de degustação e confraternização. Tem gente com saudades dos caldos e do feijão amigo oferecido às noites de sextas-feiras.

10637436070?profile=original

 

Aula de Campo

A terceira semana foi marcada pela aula de campo para identificação de perfis de solos.  

10637436500?profile=originalÔnibus de turismo fretado para a aula de campo em Tanguá - RJ

10637437060?profile=original

A identificação do primeiro perfil em área de baixada 

10637437675?profile=original

O Segundo perfil em área de encosta 

10637437898?profile=original

Na pausa para almoço uma foto da turma

10637438474?profile=original

O terceiro perfil do dia, após parada do almoço!

10637439066?profile=original

No quarto perfil, um neossolo litólico

10637439092?profile=original

Completando o dia com um latossolo em encosta

Balanço Final

A avaliação da turma foi a melhor possível tanto em relação aos conteúdos, como às instalações, infraestrutura, organização e o clima descontraído de amizade e alegria que reinou em todas ocasiões. 

Gosto de quero mais, os integrantes já estão se organizando para novas edições e, quem sabe, novas excursões em campo de solos que não foram vistos na aula de campo.

 

10637439668?profile=original

Homenagem da AEARJ ao Engenheiro Agrônomo Enio Fraga da Silva, professor do curso de Atualização em Classificação Brasileira de Solos. Uma merecida lembrança pelo tempo que passou conosco transmitindo generosamente seus conhecimentos.

 

10637440299?profile=original

O presidente da AEARJ Leonel Rocha Lima também foi agraciado pela turma, com uma lembrança pelo esforço e dedicação ao curso. O colega Constantino representou a turma nessa homenagem.

10637440088?profile=original

Patricia também foi homenageada pelo seu trabalho secretariando o curso.

10637441077?profile=original

Gilberto Fugimoto foi homenageado pela AEARJ e pela turma, representada pelo colega Vlademir, pela idealização e coordenação do curso.

10637441689?profile=original

A professora Maria Alcina foi convidada a entregar lembrança em nome da turma ao professor Ênio

10637442288?profile=original

Diplomas entregues e trabalho finalizado com sucesso!

Obrigado a todos que contribuiram e participaram para esse sucesso coletivo:

alunos, professor, equipe de campo, organização e instituições parceiras.

Foi um imenso prazer realizar esse projeto!

Saiba mais…

Curso de Atualização em Classificação de Solos

Iniciado o Curso de Atualização em Classificação de Solos

10637434287?profile=original

A mesa de abertura com João Araújo, diretor do CREA-RJ, Leonel Rocha Lima, presidente da AEARJ, Maria de Lourdes, Chefe da Embrapa Solos e Jorge Antonio do SENGE-RJ.

A palestra de abertura foi transmitida ao vivo pela Rede Agronomia e encontra-se disponível aqui: http://www.ustream.tv/recorded/25586002

 

10637434678?profile=original

Os alunos do curso: profissionais de agronomia, geologia, geografia e engenharia.

10637435488?profile=original

 

Intervalo do curso: pausa para um coffe-break

10637435858?profile=original

Confraternização no café

10637435698?profile=original

A explanação do instrutor do curso: Enio Fraga Filho, pesquisador da Embrapa Solos

10637436887?profile=original

O curso conta como material didático, apostila com orientações sobre o Sistema de Classificação de Solos.

Saiba mais…

Aula inaugural 21 de setembro: transmissão ao vivo

Sexta-feira, 21 de setembro, transmitiremos ao vivo na Rede Agronomia, via USTREAM, a aula inaugural do Curso de Atualização em Classificação Brasileira de Solos. A partir de 18h30 estaremos transmitindo a abertura do Curso com engenheira agrônoma Maria de Lourdes Mendonça Santos, Chefe Geral da Embrapa Solos, engenheiro agrônomo Agostinho Guerreiro, Presidente do CREA-RJ e o engenheiro agrônomo José Leonel da Rocha Lima, presidente da AEARJ.

Após abertura, o engenheiro agrônomo Enio Fraga da Silva, Doutor em Ciência do Solo e pesquisador da Embrapa Solos dará a aula introdutória com uma panorama do Sistema de Classificação Brasileira dos Solos e a sua importância como ferramenta de planejamento do uso de solos.

O curso, que será realizado na Embrapa Solos, terá duração de 40 horas e é uma iniciativa da AEARJ que divide a realização com a Embrapa Solos e o CREA-RJ; conta ainda com a parceria do Clube de Engenharia e o SENGE-RJ. Apenas a primeira aula será transmitida ao vivo para toda a Rede Agronomia.

10637432293?profile=originalhttps://agronomos.ning.com/page/curso-solos

Saiba mais…

Curso de Gramados Esportivos

Relato Final do Curso: compartilhando as impressões

Continuando o relato do Blog anterior.


As palestras do curso


Ao final do primeiro dia, os engenheiros agrônomos Artur Melo e Paulo Azevedo tiraram dúvidas e debateram com a platéia os principais pontos abordados.


O segundo dia

O curso, realizado em dois dias, contou ainda com a palestra do engenheiro agrônomo Paulo Antonio Azevedo da Itograss / Greenleaf sobre variedades de gramas recomendadas para gramados esportivos e formas de plantio. Sobre as técnicas disponíveis, citou: maxirolo, tapetes, plugs, sprigs e sementes as formas conhecidas na implantação de gramados. Paulo Antonio abordou ainda as diferentes variedades recomendadas para o Brasil e seus diferentes climas e ambientes - serra, praia, campo, etc.

Realizando palestra sobre Tecnologia de Drenagem de Alta Eficiência, Osvaldo Barbosa, engenheiro de dutos da Kanaflex, demonstrou o porque gramados esportivos e sistemas de drenagem são obras de engenharia.

O engenheiro agrícola Carlos Alberto Garcia da Greenext realizou palestra sobre equipamentos de irrigação.

O engenheiro Marcos Gaio da Greenext realizou palestra sobre equipamentos para gramados e demonstração de equipamentos da marca Toro com auxílio do técnico Luiz Bernardo da Silva da Grenext.


O palestrante apresentou a importância e variedade de equipamentos como aeradores, pulverizadores, adubadores, marcadores de campo (pinta linhas), limpa detritos, veículos utilitários, cortadores de gramados de diferentes modelos e aplicações.

O público se interessou pela demonstração dos equipamentos.


Avaliação dos presentes

Os participantes do curso consideraram muito importante ou muito proveitosa a sua realização. A qualidade das palestras com informações atualizadas e com profundidade técnica, a organização do curso e a oportunidade de ampliar a rede de contatos profissionais e comerciais foram os pontos destacados que tornaram ainda mais prazerosa a participação.

Grupo de Gramados Esportivos

Por fim propôs-se, como desdobramento do curso, a articulação de um Grupo de Discussão sobre Gramados Esportivos composta pelos participantes do curso para dar continuidade à troca de informações técnicas e profissionais. O Grupo, um espaço de encontro organizado sob a Rede Agronomia – www.agronomos.ning.com – reúne empresas, pesquisadores e profissionais (não só agrônomos) que atuam no setor e está aberta a todos os interessados.

Visita ao Maracanã

Lembrança da visita ao Maracanã com os participantes do curso de Gramados Esportivos

Como atividade adicional ao curso de Gramados Esportivos, foi realizada visita técnica ao estádio do Maracanã onde os participantes puderam conhecer, com o engenheiro agrônomo Paulo Antonio de Azevedo, responsável técnico pela manutenção do gramado, os equipamentos usados e o sistema de irrigação adotado. A turma se reuniu sob a trave do Maracanã para uma foto de recordação no palco mundialmente conhecido por abrigar grandes decisões do futebol.



Agradecimentos


Agradecemos a todos os participantes que prestigiaram o curso, muitos vindos de outros estados.

À GREENEXT, ITOGRASS, KANAFLEX / Geomaks - que acreditaram ao patrocinar a realização do curso.


À direção da Embrapa Solos que prontamente nos cedeu em parceria suas instalações.


Ao CREA-RJ que se mobilizou institucionalmente na divulgação, além de fornecer todo o material de apoio para a realização do curso.

Aos palestrantes que compartilharam seu conhecimento técnico
– Artur Melo, Paulo Antonio Azevedo, Osvaldo Barbosa Ferreira, Carlos Alberto Garcia, Marcos Gaio.

Aos integrantes da Rede Agronomia em especial ao colega Artur Melo incentivador de primeira hora do tema Gramados Esportivos e que acreditou nessa empreitada.

Ao colega Luiz Fernando Sarmento no generoso apoio à gravação das imagens compartilhando a direção do vídeo do curso de Gramados.

À Dolores Bahia e Uallace Lima da equipe da Assessoria de Marketing e Comunicação– ASMC do CREA-RJ pela qualidade na produção da arte do material impresso.


À diretoria da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado do Rio de Janeiro -
AEARJ - Comissão Organizadora do evento.


Talvez tenha esquecido de alguém, e desde já peço desculpas, mas ao final desse curso quero compartilhar o prazer na sua realização a despeito de todo o trabalho (não foi pouco, acreditem).

Uma construção coletiva que permitiu o encontro de pessoas interessadas no tema, a promoção de um ambiente de acolhimento que promove a articulação de novas parcerias e projetos que possam ampliar o espaço dedicado ao tema Gramados Esportivos.

Saiba mais…
Curso reúne profissionais, empresas e pesquisadores.


O Curso de Gramados Esportivos reuniu cerca de 60 participantes entre alunos e parceiros apoiadores. Realizado nas instalações da Embrapa Solos no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, foi realizado pela AEARJ - Associação dos Engenheiros Agrônomos do Estado do Rio de Janeiro, a Rede Agronomia e contou com o apoio institucional do CREA-RJ.

Os patrocinadores - GREENEXT, ITOGRASS e KANAFLEX / Geomaks - também tiveram participação ativa realizando palestras técnicas.

A mesa de abertura contou com a participação do engenheiro agrônomo Arciley Alves Pinheiro representando o CREA-RJ, Sérgio Cenci pela AEARJ e Cláudio Capeche representando Maria de Lourdes Breffin, Chefe da Embrapa Solos.



A palestra inicial, realizada pelo o colega da rede engenheiro agrônomo Artur Melo, especialista em gramados, abordou as recomendações técnicas para construção de gramados em estádios.


Compartilhando sua experiência em gramados no Brasil e no exterior, a palestra foi recheada de informações novas para a maioria dos presentes. Vimos que projetos que não foram pensados no melhor manejo dos gramados acabam onerando o custo de manutenção durante toda a existência do estádio.


Complementando a parte da manhã, o colega da rede, engenheiro agrônomo Paulo Antonio Azeredo da ITOGRASS / Greenleaf falou sobre manutenção de campos de futebol.

Relatando sua experiência na manutenção de gramados como Maracanã e Engenhão, Paulo Antonio apresentou fotos e informações sobre o manejo de gramados esportivos em campos de futebol, suas pragas, doenças, adubação, corte e tratos de forma a valorizar o esporte.

Foto acima imagens do Marcanã e Engenhão.

O grupo terminou a manhã no almoço que ninguém é de ferro!

Mais curso de Gramados Esportivos no próximo blog...

Saiba mais…